Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa

Opinio

de ,
Com golos dos avançados Glaúcio aos 59\' e Jó aos 85, o Sporting de Cabinda derrotou ontem, no estádio de Tafe, o Wiliete Sport Clube de Benguela, por 2-0, resultado que coloca os verde branco numa posição tranquila em função dos objectivos definidos para esta época.
Contra todas as expectativas e não obstante o factor casa, os leões entraram apático sem a garra que lhe é peculiar e ambição para suplantar a sua presa, manifestando um certo receio em atacar o sector recuado contrário.
Ainda assim, não obstante a pouca produtividade demonstrada nos minutos iniciais, a equipa de casa controlou sempre a bola e a transição defesa, meio campo e ataque, numa clara demonstração que tinha a situação controlada.
A formação orientada pelo técnico Agostinho Tramagal não se inibiu e sempre que pode pressionou, e teve inclusive situações em que colocou a equipa anfitrião em posição de desvantagem, mas sempre com dificuldades para se impor.
A ousadia do Wiliete assustou o Sporting e a ascendência da equipa de Benguela que subia no terreno com facilidade, criava dificuldades aos defensores do adversário.
A passagem do minuto 35, os leões começaram a acreditar que seriam capazes de vencerem o desafio e, fruto do empenho que demonstraram nesta altura, avançaram para o ataque com perigos de golos, mas sem êxito.
Na etapa complementar, os visitados entrarem melhor e aos 59\', adiantaram-se no marcador por intermédio do avançado Glaúcio. Após o golo, os pupilos comandados pelo técnico Emena Kwazambi galvanizaram-se e direccionaram todas as acções para o ataque.
Os visitantes, apesar de sofrer o golo, não cruzaram os braços e avançaram para o ataque com o objectivo de igualar o marcador. João Vala um dos melhores jogadores em campo da formação das acácias rubras, durante o tempo em que esteve em campo, levou sempre acções de perigo a baliza contrária.
Com muita classe jogou e fez jogar a sua equipa, mas faltou a sorte de marcar o(s) golo(s) que a sua equipa precisava. Passes errados e falta de experiência por parte de alguns jogadores influenciaram na derrota do Wiliete de Benguela.
Numa falha colectiva da defesa da formação orientada pelo técnico Agostinho Tramagal, o Sporting de Cabinda ampliou o marcador para 2-0, por intermédio do atacante Jó aos 85\', um golo contra corrente do jogo.
O arbitro José Maxia e seus assistentes fizeram um excelente trabalho e sem influencia no resultado final do jogo.

Últimas Opinies

  • 19 de Setembro, 2019

    Capitalizar os Capitas

    Está na baila o que adjectivo por “Caso Capita”, que até onde sei envolve a direcção do Clube Desportivo 1º de Agosto, o agente do jogador, a Federação Angolana de Futebol e a família de sangue do referido atleta, que até prova em contrário, ainda está vinculado ao clube militar, que o inscreveu para a presente época futebolística.

    Ler mais »

  • 19 de Setembro, 2019

    Cartas dos Leitores

    Sinto-me bem na província da Lunda-Norte. As pessoas têm sido fantásticas comigo, em todos os aspectos. Têm-me apoiado bastante e, naturalmente, os jogadores, direcção e todos os membros do clube.

    Ler mais »

  • 19 de Setembro, 2019

    Pensamento de Drogba

    Considerando que a vida é feita de sonhos e ambições, é de todo legítimo o pensamento do antigo internacional costa-marfinense Didier Drogba, em traçar como meta das suas ambições, enquanto homem do futebol, a presidência da Federação Costa-marfinense de Futebol.

    Ler mais »

  • 16 de Setembro, 2019

    O lado difcil do marketing desportivo

    "Do jeito que vocês estão a trabalhar, o marketing desportivo em Angola, muito abaixo da linha da cintura, creio que este é o pior momento possível para se apostar no sector”, desabafou um especialista brasileiro, numa conversa mantida recentemente em ambiente reservado, com um pequeno grupo de jovens empreendedores, que "sonham" fazer grandes negócios através do marketing desportivo.

    Ler mais »

  • 16 de Setembro, 2019

    Cartas dos Leitores

    O Sagrada é um clube com carisma, mística e sente-se isso na província, quer no dia-a-dia com os adeptos, quer no contacto com as pessoas.

    Ler mais »

Ver todas »