Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa

Opinio
por Paulo Caculo

" Estou aberto a propostas"

13 de Setembro, 2018
O técnico definiu, em entrevista ao Jornal dos Desportos, os desafios para a sua carreira. Castanheira confessou que espera voltar aos grandes palcos do Girabola, desde que surja uma proposta interessante ou um projecto ambicioso.
Garante estar ansioso para transmitir os conhecimentos e colocar em prática tudo que absorveu durante a formação.
“São vários os projectos que tenho, mas, para já, espero transmitir os meus conhecimentos, porque não devo guardar apenas para mim. Depois quero voltar aos campos rapidamente, já que durante esta formação fiquei um pouco afastado, apesar de estar a coordenar o futebol da Atlético do Namibe”, salientou o jovem treinador.
Declarou ser sua intenção tornar-se num profissional respeitado pelo seu trabalho e, sobretudo, valorizado. Assegura, ainda, estar disposto a lutar pelos seus sonhos, pois, confessa não ter alcançado ainda metade do que projectou, em termos de desafios para a sua carreira.
“Quero continuar a dar alegrias a todos que admiram o meu trabalho. O objectivo é tornar-me realizado como treinador e estou no mercado. Se houver uma proposta interessante não irei desperdiçar”, destacou.
Disse mais adiante. Estou aberto a propostas e sempre preparei-me para o futuro. Independentemente de não estar, actualmente, no comando técnico de uma equipa, tenho-me actualizado, porque sei o que me espera. Não posso ficar alheio ao que acontece no mundo do treinamento desportivo\", esclareceu.
Ernesto Castanheira admite, por outro lado, haver uma tendência muito grande dos treinadores angolanos investirem na sua formação profissional, facto que aplaude e considera ser um sinal claro de que os profissionais angolanos desejam atingir o nível dos melhores do mercado.
\"O único problema é que fizemos a formação em condições de outro mundo, mas quando chegámos ao nosso país, notamos que faltam condições de trabalho para os técnicos.
Infelizmente, são com estas condições, que temos de trabalhar\", lamentou.

Últimas Opinies

  • 19 de Março, 2020

    Escaldante Girabola

    O campeonato nacional de futebol da primeira divisão vai dobrando os últimos contornos. A presente edição, amputada face a desqualificação do 1º de Maio de Benguela, abeira-se do seu fim . Entretanto, do ponto de vista classificativo as coisas estão longe de se definirem. No topo, o 1º de Agosto e o Petro travam uma luta sem quartel pelo título.

    Ler mais »

  • 17 de Março, 2020

    Cartas dos leitores

    Estamos melhor do que nunca. A pressão é para as pessoas que não têm arroz e feijão para comer. Estamos sem pressão, temos todos bons salários e boas condições de trabalho. Estamos numa situação de privilégio e até ao último jogo tivemos apenas duas derrotas.

    Ler mais »

  • 17 de Março, 2020

    Jogos Olmpicos2020

    A suspensão de diferentes competições desportivas a nível mundial em função do coronavírus, já declarada pela OMS-Organização Mundial da Saúde como Pandemia, remete-nos, mais uma vez, a reflectir sobre a realização dos Jogos Olímpicos de Tóquio. Pelo menos até aqui, o COI-Comité Olímpico Internacional mantém de pé a ideia de realizar o evento nos prazos previstos.

    Ler mais »

  • 14 de Março, 2020

    FAF aquece com eleies

    Cá entre nós, o fim do ciclo olímpico, tal com é consabido, obriga, por imperativos legais, por parte das Associações Desportivas, de um modo geral e global, a realização de pleitos eleitorais para a renovação de mandatos.

    Ler mais »

  • 14 de Março, 2020

    Cartas dos Leitores

    Acho que o Estado deve velar por essas infra-estruturas.

    Ler mais »

Ver todas »