Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa

Opinio
por Paulo Caculo

" Estou aberto a propostas"

13 de Setembro, 2018
O técnico definiu, em entrevista ao Jornal dos Desportos, os desafios para a sua carreira. Castanheira confessou que espera voltar aos grandes palcos do Girabola, desde que surja uma proposta interessante ou um projecto ambicioso.
Garante estar ansioso para transmitir os conhecimentos e colocar em prática tudo que absorveu durante a formação.
“São vários os projectos que tenho, mas, para já, espero transmitir os meus conhecimentos, porque não devo guardar apenas para mim. Depois quero voltar aos campos rapidamente, já que durante esta formação fiquei um pouco afastado, apesar de estar a coordenar o futebol da Atlético do Namibe”, salientou o jovem treinador.
Declarou ser sua intenção tornar-se num profissional respeitado pelo seu trabalho e, sobretudo, valorizado. Assegura, ainda, estar disposto a lutar pelos seus sonhos, pois, confessa não ter alcançado ainda metade do que projectou, em termos de desafios para a sua carreira.
“Quero continuar a dar alegrias a todos que admiram o meu trabalho. O objectivo é tornar-me realizado como treinador e estou no mercado. Se houver uma proposta interessante não irei desperdiçar”, destacou.
Disse mais adiante. Estou aberto a propostas e sempre preparei-me para o futuro. Independentemente de não estar, actualmente, no comando técnico de uma equipa, tenho-me actualizado, porque sei o que me espera. Não posso ficar alheio ao que acontece no mundo do treinamento desportivo\", esclareceu.
Ernesto Castanheira admite, por outro lado, haver uma tendência muito grande dos treinadores angolanos investirem na sua formação profissional, facto que aplaude e considera ser um sinal claro de que os profissionais angolanos desejam atingir o nível dos melhores do mercado.
\"O único problema é que fizemos a formação em condições de outro mundo, mas quando chegámos ao nosso país, notamos que faltam condições de trabalho para os técnicos.
Infelizmente, são com estas condições, que temos de trabalhar\", lamentou.

Últimas Opinies

  • 17 de Novembro, 2018

    O difcil pasto dos Palancas

    O jogo de amanhã, no estádio “11 de Novembro”, aqui em Luanda, a contar para a quinta jornada do grupo I de qualificação para o Campeonato Africano das Nações (CAN) do próximo ano, nos Camarões, afigura-se de sacramental importância por quanto os Palancas Negras precisam de vencer e, só vencer, diante de um adversário poderoso, bem dotado e altamente confiante.

    Ler mais »

  • 17 de Novembro, 2018

    Citaes

    Penso que vamos ter vantagem em todas as posições do relvado. Mas será que isso vai ser suficiente para a vitória? Não sei e nem prometo. Desejo apenas que a equipa de Angola seja a melhor em campo.

    Ler mais »

  • 17 de Novembro, 2018

    Tudo ou nada...

    Angola defronta neste domingo, no Estádio Nacional 11 de Novembro, a similar do Burkina Faso, no primeiro dos dois jogos derradeiros, que podem definir a sua sorte no Grupo I da campanha para a Taça das Nações em futebol de 2019, a ter lugar nos Camarões.

    Ler mais »

  • 15 de Novembro, 2018

    Trocar reticncias pelo que faltava dizer

    Regresso às reticências deixadas no meu último texto “Demo branco e nossos Pelé com muleta”, para trazer à estampa aquela continuação que havia faltado.

    Ler mais »

  • 15 de Novembro, 2018

    A Taa do Mundo nossa!

    A selecção nacional de futebol adaptado, realizou uma grande e histórica façanha, ao vencer o 14º campeonato do Mundo de futebol adaptado a jogadores com muletas, realizado na cidade de Guadalajara (México).  A caminho da comemoração do 43ª aniversário da independência nacional, os “sete magníficos” de Angola, lutaram tenazmente nos relvados, para brindarem-nos com o cobiçado troféu.

    Ler mais »

Ver todas »