Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa

Opinio

A invencibilidade do Kabuscorp

21 de Setembro, 2013
Tal emoção tem razão de acontecer por envolver o campeão em título e o actual líder que possui possibilidades de chamar a si a conquista do título, separados na classificação geral por vinte e quatro pontos (1º/57) e (7º/33).

Em função deste confronto que, por se disputar numa altura em que o campeonato iniciou a curva descendente para a sua conclusão, a emotividade e ansiedade aumentam, não apenas entre os amantes do ainda campeão nacional, mas de outras agremiações, com o propósito de presenciarem ao vivo o encontro que, em caso de triunfo, os donos da casa colocam o ponto final ao ciclo da invencibilidade do Kabuskorp do Palanca, que ao longo das vinte e três jornadas até agora disputadas, ainda não conheceu o sabor da derrota.

Se o inverso acontecer, coloca a formação de Bento Kangamba em condições privilegiadas de conquistarem o título, o que constituirá um facto inédito no futebol nacional e para a história do clube em particular, pelo facto de acontecer pela primeira no seu historial.

Para além de um possível “tira teimas” por parte dos “palanquinos” que nas duas últimas épocas perderam o campeonato nas rectas finais em favor dos libolenses, este encontro adquire contornos de maior emotividade pelo facto de os pupilos de Miller Gomes, feridos no seu orgulho, por estarem arredados da reconquista do título no Girabola e das meias-finais da Liga dos Clubes Campeões de África, encararem cada jogo como antecâmara para a Taça de Angola, competição em que como outros “colossos” do futebol nacional, apostam para “salvar a época”.

Noves fora o facto de a direcção da Federação Angolana de Futebol (FAF) e os dois clubes desenvolverem esforços no sentido de, no plano organizacional e competitivo, as coisas decorram a contento, ao promoverem os sentimentos do “fair play” e da verdade desportiva, é justo apelar à contenção e prudência dos espectadores e visitantes.

A realidade aconselha a todos quantos se fizerem à estrada para Calulo, no sentido de acatarem as orientações dos efectivos da Polícia Nacional, no âmbito da garantia do asseguramento, da ordem e da tranquilidade, no sentido de evitarem factos negativos, como o que aconteceu na época passada com alguns elementos integrantes da caravana do Kabuskorp do Palanca no regresso a Luanda, depois de um jogo para o Girabola, naquela vila.

Nunca é demais recordar que de um tempo a esta parte se tem observado em vários estádios nacionais e estrangeiros a fúria desmedida de alguns adeptos que se rebelam contra os corpos técnicos, dirigentes e presidentes de clubes e equipas de arbitragem que, quando não satisfeitos com alguns resultados, arremessam objectos, alguns dos quais contundentes, para os bancos e relvados, assim como soltam impropérios.

Pelo que chegou ao nosso conhecimento, a massa associativa do Kabuskorp do Palanca, que integra o lote das mais numerosas do continente africano, assim como a dos anfitriões, estão empenhadas em evidenciar o civismo e pautarem-se pela convivência pacífica, cujos resultados, se espera, aconteçam pela positiva.
Leonel Libório

Últimas Opinies

  • 22 de Agosto, 2019

    O divrcio anunciado

    Não faz ainda muito tempo do anúncio do divórcio, entre o órgão reitor do futebol nacional e o então seleccionador nacional de honras, o sérvio Srdjan Vasiljevic, que ontem deixou o país.

    Ler mais »

  • 22 de Agosto, 2019

    Corrigir o mal no futebol (I)

    A semana passada terminei o artigo com a seguinte sentença: “(…) é importante mudar de estratégia

    Ler mais »

  • 22 de Agosto, 2019

    Mais um falso arranque do Interclube

    Para o desalento dos prosélitos do futebol sénior masculino, as cortinas do Girabola Zap, versão 2019/20, foram descerradas com máculas na jornada inaugural que, mais uma vez, põem em causa a capacidade organizativa da Federação Angolana de Futebol (FAF), que parece apostada numa competição em que é premiada a instituição que mais erros comete ao longo do “consulado”.

    Ler mais »

  • 19 de Agosto, 2019

    O pas dos amigalhaos

    Foi recentemente anunciada a rescisão contratual do treinador Srdjan Vasilevic com a Federação Angolana de Futebol.

    Ler mais »

  • 19 de Agosto, 2019

    Como causar impacto atravs do marketing?

    De facto, para que se crie um impacto forte e eficaz através do marketing desportivo, é indispensável que os clubes e federações deem atenção ao formato comunicativo a ser utilizado.

    Ler mais »

Ver todas »