Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa

Opinio

A mo solidria

16 de Março, 2015
Independentemente do resultado obtido em Caxito, diante do Domant do Bengo, para a 5ª jornada do Girabola, é de se destacar o espírito de solidariedade com as vítimas, evidenciado pelos componentes da equipa de futebol da Académica do Lobito, cujo estádio (Buraco) não foi poupado pela intempéries.

As acções levadas a cabo pelos desportistas, em particular os que desenvolvem a sua actividade na cidade do Lobito, e em geral, na província de Benguela, às quais se juntaram outros de diferentes latitudes de Angola, para além da oferta de produtos de primeira necessidade, para numa primeira fase ajudarem os lesados a fazerem face às dificuldades do momento, englobam igualmente rezas e educação moral e cívica.

Numa altura em que são cada vez mais evidentes os esforços do Governo em tudo fazer para minorar o sofrimento das populações carenciadas, é de convir que acções desta natureza, como a prestação de socorro às populações vítimas de tragédias, acontecem em altura própria, uma vez que a educação e sensibilização nesse e em outros sectores não podem ser feitas sem que o cidadão disponha de boa saúde.

É de louvar a preocupação permanente, não só por parte dos mentores e executores dos projectos, como de todos os cidadãos nacionais e não só, em contribuir para que a vida dos sinistrados volte ao normal. São gestos como este que devem constituir fonte de inspiração para que iniciativas do género, nas mais variadas vertentes da solidariedade social, continuem a acontecer.

O facto de continuarem a surgir iniciativas colectivas e individuais, em torno de acções de carácter social, que visam diminuir o sofrimento das vítimas das chuvas que na passada quinta-feira se abateram sobre a cidade do Lobito, constitui motivos de apreço e de regozijo de todos os cidadãos angolanos.

Ao partir-se do princípio que não compete apenas ao Governo desenvolver acções similares, ao elevar a promoção e efectivação de parcerias com elementos dos vários segmentos da sociedade civil, os angolanos são chamados mais uma vez a darem provas da sua maturidade e solidariedade.
Assim, é de se louvar e apoiar a intenção de elementos dos vários segmentos da vida social, entre os quais os desportistas de diversas modalidades, que desenvolvem acções de vária índole, em respeito à memória dos que deixaram o mundo dos vivos e em apoio dos que lutam para que a sua vida volte a ter um percurso normal.

O engajamento de todos continua a ser a nota dominante, para que as condições continuem a permitir que os resultados que se vão juntar aos de iniciativas desencadeadas pelos organismos oficiais e privados sejam traduzidas em êxito.
LEONAL LIBÓRIO

Últimas Opinies

  • 25 de Março, 2019

    O futebol tem os dirigentes que merece

    O futebol nacional vive um sentimento misto: alegria e tristeza. A geração de Gelson vai finalmente puder estar numa montra de dimensão continental, um feito que premeia não apenas todos os jogadores da sua geração mas também o trabalho de Vasiljevic.

    Ler mais »

  • 25 de Março, 2019

    A fria dos adeptos e a vida de Bianchi

    O afastamento, de forma amigável, do técnico hispano-brasileiro Beto Bianchi à frente da forte equipa do Petro de Luanda está a dar que falar, a ponto de agradar particularmente a alguns, sobretudo àquela gente da "tribo do nosso futebol",  que não morre de amores por esta equipa tricolor, até gora a mais titulada do Girabola.

    Ler mais »

  • 25 de Março, 2019

    Cartas dos Leitores

    Dou, primeiro, os parabéns à selecção da África do Sul, que tem um nível de intensidade de jogo superior ao nosso, pois na metade da primeira parte já estavam a ganhar por dois a zero. Nós também criamos boas jogadas, infelizmente não concretizamos

    Ler mais »

  • 23 de Março, 2019

    O almejado retorno Taa das Naes!

    A presença de Angola na 32ª edição da Taça de África das Nações em futebol já é um facto.

    Ler mais »

  • 23 de Março, 2019

    Agora que venha o CAN do Egipto!

    Que venha agora o CAN do Egipto! Sim, que  venha o Campeonato Africano das Nações porque a fase de qualificação ficou já para atrás. 

    Ler mais »

Ver todas »