Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa

Opinio

Cartas do leitor

02 de Fevereiro, 2014
Ninguém nos vai cobrar o troféu africano, porque o que se pretende é chegar o mais longe possível nas Afrotaças, mas a história é diferente no campeonato e na taça. Este ano a margem de erro é mínima. O mais importante é manter o mesmo equilíbrio do princípio ao fim
DAÚTO FAQUIRÁ, treinador do 1º de Agosto

Infelizmente continuamos a registar pouca adesão dos participantes para a IX edição da Taça José Sayovo. As inscrições começaram no pretérito dia 21 e até hoje (ontem) só temos 50 corredores, na maioria populares
ANTÓNIO DA LUZ, secretário-geral do CPA

Estamos em reflexão neste momento. Quarta-feira em reunião de direcção vamos analisar os relatórios quer de um quer de outro treinador, assim como dos respectivos coordenadores. As nossas medidas dentro da Federação foram sempre colegiais
PEDRO GODINHO , presidente da FAAND

Contava com algum perigo na minha grande área, esperava que a outra equipa tentasse marcar um golo. Se estivéssemos aqui cinco horas talvez fizéssemos um golo, eles não. Se estivesse em casa a assistir ao jogo tinha desligado o televisor ou mudado para outro jogo
JOSÉ MOURINHO, treinador do Chelsea


A PERGUNTA DO DIA
Acredita que o árbitro António Caxala tem potencial para o CAN?


Não tenho a menor dúvida. Ele próprio disse ao vosso Jornal na edição de 28 de Janeiro que o patamar mais alto da sua carreira era ajuizar jogos do Campeonato Africano das Nações ou do Mundial Evaristo António, estudante
Concordo plenamente com os objectivos manifestados pelo árbitro internacional, António Caxala, pois profissionais como este o país precisa sempre. Portanto, espero que o Conselho Central de Árbitros saiba ajudar o seu filiado e outros com o mesmo nível de pensamento. Daniel Pena, funcionário público

O árbitro António Caxala já manifestou que realmente tem competência para ajuizar jogos no CAN ou mesmo no Mundial. Agora cabe ao Conselho Central de Árbitros conceder-lhe esta grande oportunidade.Hélio Gomes, estudante


AVALIAÇÃO JD

GONÇALVES MUANDUMBA
Ministro da Juventude e Desportos=Positivo

O Ministério da Juventude e Desportos deu mostras de como nós os angolanos sabemos lidar com os feitos desportivos. As nossas farras, os nossos fogos-de-artifício não se fazem sentir apenas quando as nossas equipas regressam das competições de ouro ao peito. Sabemos que no desporto também existem derrotas.

FAF
Federação Angolana de Futebol=Negativo

Hoje entramos no segundo dia do mês de Fevereiro. Para trás ficou Janeiro, o mês, supunha-se, do anúncio do novo seleccionador nacional. Os agentes do futebol estão inquietos perante o silêncio da FAF e a aproximação de competições importantes. Se calhar, não precisávamos de chegar a este estado.

Últimas Opinies

  • 19 de Agosto, 2019

    Como causar impacto atravs do marketing?

    De facto, para que se crie um impacto forte e eficaz através do marketing desportivo, é indispensável que os clubes e federações deem atenção ao formato comunicativo a ser utilizado.

    Ler mais »

  • 19 de Agosto, 2019

    Petro escorregou Vasiljevic j era

    O grande Petro já  atemoriza os seus adeptos em poder continuar a fazer travessia no deserto neste seu “hibernar” sem título desde 2009: empatou mesmo depois de o presidente.

    Ler mais »

  • 19 de Agosto, 2019

    Cartas dos Leitores

    Penso, que não há  muitas alterações  em relação aos candidatos, o 1º de Agosto procura o Penta e o Petro luta para quebrar o jejum de 10 anos, sem conquistar o campeonato.

    Ler mais »

  • 19 de Agosto, 2019

    Girabola de todos

    Soltaram-se assobios, no último fim-de-semana. Voltou aos palcos nacionais, o futebol de primeira grandeza. Ou seja, o campeonato nacional da primeira divisão, o nosso Girabola.

    Ler mais »

  • 19 de Agosto, 2019

    O segundo pecado da FAF

    A direcção de Artur Almeida e Silva acaba de cometer o segundo pecado, na gestão dos destinos da Federação Angolana de Futebol(FAF). O primeiro, assenta na desorganização que já a caracteriza.

    Ler mais »

Ver todas »