Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa

Opinio

Cartas do leitor

22 de Março, 2014
Entendemos que para melhor dirigir vamos conhecer primeiro o sector. Por isso, vamos fazer um inventário de todas as estruturas desportivas existentes, assim como ter um encontro com os dirigentes dos clubes e visitar as respectivas agremiações”
Joaquim Barbante Tyova, novo director dos desportos da Huíla

Não entramos no campo para perder. É mais um jogo em que temos obrigações definidas. À semelhança da outra equipa, temos as nossas armas. Temos um plantel que nos oferece várias opções e por isso só fazem falta os atletas presentes.”
Jorge Nito, treinador do Benfica do Lubango

Vamos encarar o jogo pelo jogo, respeitar o adversário, mas vamos procurar fazer o nosso trabalho no campo, dentro dos objectivos que temos, que é alcançar um resultado que alimente as nossas aspirações.”
Mário Soares, Desportivo da Huíla

Vamos jogar com uma equipa que está no mesmo lugar da tabela classificativa que nós. Uma equipa bem orientada pelo professor Miller Gomes, com jogadores com qualidades”.
Lúcio Antunes, Progresso Sambizanga


A PERGUNTA DO DIA
O árbitro Benjamim Andrade ajudou na vitória do Kabuscorp, diante do Desportivo da Huíla?


Sim. Conforme as imagens televisivas do jogo Desportivo da Huíla- Kabuscorp, há registo de certo favoritismo da parte do árbitro, Benjamim Andrade. Esperávamos que o juiz do encontro fosse mais profissional, no sentido de melhor prestar o seu trabalho em prol do futebol nacional.
Alberto Satonole - estudante

Os jogos de futebol têm disso, há casos desta natureza que o árbitro facilita esta ou aquela equipa, o que se verifica há muitos anos. Na minha opinião o juiz do encontro facilitou ao assinalar o penálti a favor do Kabuscorp, razão pela qual venceu por duas bolas a zero
Quim Cabral, - estudante

O árbitro Benjamim Andrade sabe muito bem que enquanto profissional deve cumprir com zelo e dedicação o juramento feito, no sentido de evitar beneficiar esta e prejudicar aquela equipa. O Kabuscorp não tem culpa de ter sido beneficiado, mas deve aprender a jogar sem o favorecimento dos árbitros.
Alberto walter, - funcionário público


AVALIAÇÃO JD
HORÁCIO MOSQUITO
Presidente do CR Caála= Positivo


O presidente do Recreativo da Caála mostrou ser um homem de fé, quando sugere recurso a um padre para benzer o estádio Mártires da Canhala, propriedade do clube que dirige e onde a equipa ainda não ganhou desde à sua inauguração. Pois, pessoa com o pensamento voltado para o mal nunca pensava num servo de Deus. O quimbanda era a primeira opção.

GUSTAVO DA CONCEIÇÃO
Ex-presidente da FAB= Negativo

O antigo presidente da FAB, Gustavo da Conceição, veio há dias a terreiro para contestar a presença de basquetebolistas africanos nas equipas nacionais, saiu em defesa de europeus e americanos. O homem entrou em contradição. Pois foi no seu consulado que tudo se fez para nacionalizar o tchadiano Abdel Boukar. Ou não era africano?!

Últimas Opinies

  • 24 de Agosto, 2019

    O amiguismo na resciso

    O assunto de momento no nosso futebol, convenhamos, é sem dúvidas o desenlace entre a Federação Angolana de Futebol (FAF) e o técnico Srdjan Vasiljevic, em face de algumas situações que vinham acontecendo e que originou que se estalasse o verniz.

    Ler mais »

  • 24 de Agosto, 2019

    Cartas dos Leitores

    Os jogadores aguardaram isso dos dirigentes, para que a motivação crescesse

    Ler mais »

  • 24 de Agosto, 2019

    O sonho dos grupos

    Após as vitórias extramuros nas deslocações à Tanzânia e ao Lesotho, o 1º de Agosto e Petro têm, neste fim-de-semana, a oportunidade soberana de confirmarem a qualificação para última eliminatória de acesso a fase de grupos da Liga dos Campeões Africanos.

    Ler mais »

  • 22 de Agosto, 2019

    Cartas dos Leitores

    Viemos a público para responder ou esclarecer o que aconteceu.

    Ler mais »

  • 22 de Agosto, 2019

    O divrcio anunciado

    Não faz ainda muito tempo do anúncio do divórcio, entre o órgão reitor do futebol nacional e o então seleccionador nacional de honras, o sérvio Srdjan Vasiljevic, que ontem deixou o país.

    Ler mais »

Ver todas »