Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa

Opinio

Cartas do leitor

19 de Junho, 2014
Esperemos que as crianças possam mostrar as suas capacidades e talentos, em vez de competirem, porque nestas idades não devem fazê-lo. Precisam de mostrar o que sabem fazer com a bola e irem à escola, para que no futuro tenham uma vida melhor.


Pedro Neto,
presidente da FAF


Temos feito um grande trabalho para tirar a equipa da posição em que se encontra. O grupo está confiante e todos acreditamos que somos capazes de alcançar o objectivo, porque estamos a trabalhar para regressar às vitórias.


Ilian Iliev,
treinador do Interclube


Com o novo técnico muita coisa mudou. Conseguiu corrigir alguns erros que detectou e as coisas começaram a acontecer, os maus resultados desapareceram e a motivação dos jogadores também aumentou.


Dani Massunguna,
jogador do 1º de Agosto


O nosso contributo é que as equipas angolanas, através dos escalões de formação possam ter um acompanhamento cada vez melhor, e assim, atingirem patamares superiores e terem o privilégio de um dia jogar na Europa e em particular em Portugal.


Luís Dias,
coordenador da equipa de Sub-10 do Sporting Clube de Portugal


A PERGUNTA DO DIA
A distinção de melhor atleta em campo, no jogo 1º de Agosto - Petro de Luanda, a Ary Papel, justifica o bom momento de forma do jogador?

O futebol é uma modalidade que se joga em colectivo, mas ainda assim, sabemos que dos jogadores em campo, só um tem o direito de ser eleito o melhor, no passado triunfo do 1º de Agosto diante do Petro de Luanda. Ary Papel mereceu a distinção.


Gelson Garcia,
funcionário público


O extremo Ary Papel, segundo a estatística do rendimento dos jogadores nacionais, desde a sua equipa até à Selecção Nacional é dos poucos que tem melhorado a condição atlética e prova disto, foi o rendimento durante os noventa minutos no desafio da 15ª jornada entre militares e petrolíferos.


Rogers Bernardo,
funcionário público


O clássico do nosso futebol entre o 1º de Agosto e o Petro de Luanda, é um jogo em que intervêm os melhores jogadores do nosso país, sem desprimor para os atletas de outras equipas, tais como: Recreativo do Libolo, Kabuscorp do Palanca, Bravos do Maquis, etc. Ary Papel está em grande momento e mereceu a eleição de homem do jogo


Marisa Bernardeth, estudante


AVALIAÇÃO JD
ALEXANDRE GRASSELI
Treinador do Petro de Luanda Positivo-
É mau somar derrotas consecutivas na alta competição. Pelos vistos Alexandre Grasseli assimilou muito bem a lição. Depois da derrota com o "arqui-rival" 1º de Agosto, era contraproducente voltar a perder pontos. Daí, a entrega evidenciada no jogo de ontem com o Benfica do Lubango a quem venceu por 3-2 .


JORGE NITO
Treinador do Benfica do Lubango Negativo-
Soe dizer-se, que no aproveitar está o ganho. O Benfica está entre os três últimos na classificação, foi incapaz de pontuar no jogo de ontem com o Petro de Luanda. Em face disso, termina a primeira volta com nove pontos em 45 possíveis. Nota a todos os títulos negativa. Sim ou não, mister Jorge Nito?


Últimas Opinies

  • 24 de Agosto, 2019

    O amiguismo na resciso

    O assunto de momento no nosso futebol, convenhamos, é sem dúvidas o desenlace entre a Federação Angolana de Futebol (FAF) e o técnico Srdjan Vasiljevic, em face de algumas situações que vinham acontecendo e que originou que se estalasse o verniz.

    Ler mais »

  • 24 de Agosto, 2019

    Cartas dos Leitores

    Os jogadores aguardaram isso dos dirigentes, para que a motivação crescesse

    Ler mais »

  • 24 de Agosto, 2019

    O sonho dos grupos

    Após as vitórias extramuros nas deslocações à Tanzânia e ao Lesotho, o 1º de Agosto e Petro têm, neste fim-de-semana, a oportunidade soberana de confirmarem a qualificação para última eliminatória de acesso a fase de grupos da Liga dos Campeões Africanos.

    Ler mais »

  • 22 de Agosto, 2019

    Cartas dos Leitores

    Viemos a público para responder ou esclarecer o que aconteceu.

    Ler mais »

  • 22 de Agosto, 2019

    O divrcio anunciado

    Não faz ainda muito tempo do anúncio do divórcio, entre o órgão reitor do futebol nacional e o então seleccionador nacional de honras, o sérvio Srdjan Vasiljevic, que ontem deixou o país.

    Ler mais »

Ver todas »