Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa

Opinio

Cartas do leitor

24 de Junho, 2014
Foi difícil a tomada de decisão, mas necessária porque sentíamos que a equipa estava a afundar e não havia motivação para Mário Soares continuar. A inexperiência dos jogadores teve igualmente o peso negativo.


Ezequías Domingos, director do Desportivo da Huíla


Aceitava um dia jogar pela Selecção de Angola, tenho a nacionalidade deste país, tanto é que a minha mãe nasceu cá, propriamente na província do Huambo e estou orgulhoso por ser angolano.


bruno, jogador do Sporting de Portugal


É um desafio e espero trabalhar com muito afinco. Na verdade, é uma forma de transmitir a minha experiência às jogadoras mais novas. Com a colaboração de outros treinadores, vou fazer um trabalho com êxito.

Ilda Bengue,
treinadora da Selecção de cadetes feminino


Em Wimbledon, principalmente no começo do torneio, as quadras estão um pouco mais rápidas. A sensação acerca do piso é um pouco diferente para todos, especialmente para os jogadores que estão no topo do ranking, que sofrem maior pressão.


Rafael Nadal, tenista espanhol


A PERGUNTA DO DIA
É positiva a intervenção do MJD, Gonçalves Muandumba, no que toca ao maior investimento no escalão de formação no futebol?


Considero positiva a intervenção do senhor ministro. 'Brevemente, vamos realizar no país um encontro de formação de futebol, ou seja, de escolas, academias e núcleos de desenvolvimento do futebol para montarmos uma estratégia comum'. Espero que não sejam apenas palavras.


Wyvanney Rafael,
estudante


Gonçalves Muandumba esteve no final do Torneio "Geração do Futuro," que decorreu na Academia de Futebol de Angola. Pelo que viu, achou positivo. Mas o importante não são as palavras, são os actos. Espero que cumpra o que disse no final.


Casimiro Barros,
estudante


Penso que está na hora de investirmos muito mais nos escalões jovens, não apenas no futebol, mas em todas as modalidades colectivas e individuais. Nesta ordem de ideias, aproveito para apelar aos empresários e os clubes no sentido de trabalharem juntos em prol da descoberta de novos talentos.


Acer Eduardo,
estudante


AVALIAÇÃO JD
JOÃO MACHADO
Técnico do 4 de Abril Positivo-
Depois da sua primeira participação no ano passado, na Prova de Apuramento ao Girabola, a equipa dirigida por João Machado quer assegurar um lugar na próxima edição. O apuramento para a próxima fase da Taça de Angola, ao afastar o Benfica do Lubango na Huíla, é um sério aviso.


JORGE NITO
Técnico do Benfica do Lubango Negativo-
Como pode uma equipa da primeira divisão, com outro andamento, fruto dos 15 jogos que já leva nas pernas, deixar-se bater por um visitante, cujo campeonato ainda não iniciou? O pior, é que o 4 de Abril jogou com apenas nove jogadores. Isso, demonstra que algo vai mal nos encarnados da Huíla.

Últimas Opinies

  • 23 de Março, 2019

    Agora que venha o CAN do Egipto!

    Que venha agora o CAN do Egipto! Sim, que  venha o Campeonato Africano das Nações porque a fase de qualificação ficou já para atrás. 

    Ler mais »

  • 23 de Março, 2019

    Cartas dos Leitores

    Estou aqui para trabalhar. É uma realidade nova para mim. Nunca estive em África.

    Ler mais »

  • 23 de Março, 2019

    Angola est no Egipto

    O país acordou, hoje, na ressaca da explosão festiva resultante da qualificação da selecção nacional de futebol, ao Campeonato Africano das Nações, a disputar-se em Junho e Julho, no Egipto.

    Ler mais »

  • 21 de Março, 2019

    Amanh um "tudo ou nada

    Amanhã é uma espécie de Dia D, para nós, e tal fica a dever-se aos ‘’Palancas Negras’’

    Ler mais »

  • 21 de Março, 2019

    Um regresso depois de quase dez anos

    Volvidos quase dez anos, volto a assumir uma missão como enviado especial do Jornal dos Desportos, título para o qual escrevo desde o ano de 1997, e que nesse momento assumo o cargo de editor, depois de já ter sido sub-editor e correspondente provincial.

    Ler mais »

Ver todas »