Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa

Opinio

Cartas do leitor

01 de Janeiro, 2015
Doravante, o clube vai mudar a sua forma de processar os contratos, pois havia jogadores que interessavam ao Petro, mas exigiam somas muito altas. Por isso, adoptamos uma forma de não prejudicar nem o clube nem o jogador


MANECAS MADEIRA, porta voz do Petro de Luanda


Pelo que estou a ver, as condições de trabalho no Domant FC são iguais às que existem noutras equipas, tidas como grandes. Tudo é igual, porque vou ter o meu salário e o meu contrato, então acho que não tem diferença. A equipa está no princípio da caminhada


YAMBA ASHA, nova aquisição do Domant FC



“Graças à muito trabalho e dedicação de um grupo de jovens determinados, o Lixeira FC é hoje um clube de que já se fala em qualquer canto de Luanda, devido às qualidades que reúne. O clube tem jovens que têm vindo a realizar bom trabalho e com a pretensão de fazer mais”


FONSECA DO NASCIMENTO,
vice-presidente do Lixeira FC



“Temos de estar atentos ao crime organizado, ao tráfico de armas e drogas, e outros males que hoje surgem contra a segurança dos Estados. Temos de reforçar as nossas fronteiras e a nossa gestão nos distritos. Queremos que esta responsabilidade que assumimos, de abrigar o CAN, demonstre a capacidade da Guiné Equatorial”


TEODORO OBIANG, presidente da Guiné Equatorial



A PERGUNTA DO DIA
Durante o ano transacto o desporto nacional teve uma prestação que pode ser avaliada como positiva?


Depois de alcançarmos o segundo lugar no campeonato do mundo de futebol de muletas, penso que tivemos um ano desportivo muito proveitoso. Sabemos que o desporto não é apenas o futebol, mas ainda assim, temos de dar mérito aos vice-campeões mundiais


Daniel Pena , comerciante



A avaliação é positiva, embora reconheçamos que houve alguns fracassos no desporto em geral, tal como por exemplo, o afastamento da selecção sénior de futebol de honras, no Campeonato Africano das Nações que vai decorrer este ano na Guiné Equatorial


Vitorino Tchimuê , comerciante



Durante o ano transacto, reconhecemos que houve conquistas e fracassos, mas ainda assim, defendo que temos de aproveitar ambos os lados de forma que possamos então corrigir os erros cometidos. No entanto, esperamos que o MINJUD e seus filiados venham a público para explicar melhor



Simão César, funcionário privado


A PERGUNTA Do DIA
Durante o ano transacto o desporto nacional teve uma prestação que pode ser avaliada como positiva?


Depois de alcançarmos o segundo lugar no campeonato do mundo de futebol de muletas, penso que tivemos um ano desportivo muito proveitoso. Sabemos que o desporto não é apenas o futebol, mas ainda assim, temos de dar mérito aos vice-campeões mundiais



Daniel Pena ,
comerciante


A avaliação é positiva, embora reconheçamos que houve alguns fracassos no desporto em geral, tal como por exemplo, o afastamento da selecção sénior de futebol de honras, no Campeonato Africano das Nações que vai decorrer este ano na Guiné Equatorial



Vitorino Tchimuê , comerciante



Durante o ano transacto, reconhecemos que houve conquistas e fracassos, mas ainda assim, defendo que temos de aproveitar ambos os lados de forma que possamos então corrigir os erros cometidos. No entanto, esperamos que o MINJUD e seus filiados venham a público para explicar melhor


Simão César, funcionário privado


AVALIAÇÃO DO JD
YAMBA ASHA

Jogador do Domant Positivo-
Depois de ter atingido o auge ao serviço do ASA, Petro e da Selecção nacional, muitos pensavam que o homem tinha acabado para o futebol. Surpreendentemente, apesar da idade já avançada, aparece agora no Domant FC que vai representar a próxima época. Na vida há sempre apostas e decisões. Força ai e tudo corra bem.


LADJI KEITA
Jogador do Petro Negativo-
Até aqui estamos para perceber se em que clube o senegalês vai actuar na próxima época. O certo é que a sua situação não está até aqui definida. Ora, tendo ainda contrato com o Petro de Luanda, ao mínimo devia estar fiel a sua equipa mesmo tendo desejo de representar outro emblema. A política de refúgio que adoptou não lhe dignifica.

Últimas Opinies

  • 21 de Março, 2019

    Um regresso depois de quase dez anos

    Volvidos quase dez anos, volto a assumir uma missão como enviado especial do Jornal dos Desportos, título para o qual escrevo desde o ano de 1997, e que nesse momento assumo o cargo de editor, depois de já ter sido sub-editor e correspondente provincial.

    Ler mais »

  • 21 de Março, 2019

    A eliminao do Petro e o tal patriotismo

    Terminada a participação Petro de Luanda, na Taça Nelson Mandela, é normal que por esta altura, esteja a ser feita uma profunda reflexão em torno da participação na referida competição africana, nos mais diversos aspectos que ela comporta, sem descorar, portanto, a (des) continuidade do técnico Beto Bianchi, que mais uma vez não conseguiu o troféu de uma competição em que esteve envolvido. 

    Ler mais »

  • 21 de Março, 2019

    Palancas Negras de olhos no Egipto

    A Selecção Nacional de futebol honras, vulgo Palancas Negras, só depende de si para chegar à fase final do Campeonato Africano das Nações (CAN) de 2019, que vai ser disputado no Egipto.

    Ler mais »

  • 21 de Março, 2019

    Cartas dos Leitores

    Procuramos fazer tudo para vencer o jogo, mas não conseguimos, porque o adversário  (Recreativo do Libolo) foi competente e inteligente, assim como conseguiu aproveitar as nossas falhas defensivas e, em lances de bolas paradas, marcaram os dois golos.

    Ler mais »

  • 21 de Março, 2019

    Zebras para domar...

    A Selecção Nacional de futebol de honras, às ordens do sérvio Srdjan Vasiljevic, decide amanhã, em Franciston, Botswana, a qualificação para o Campeonato Africano das Nações (CAN), que o Egipto acolhe de 19 de Junho a 21 de Julho deste ano.

    Ler mais »

Ver todas »