Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa

Opinio

Cartas do leitor

09 de Março, 2015
Estamos a presenciar um gesto que vai para além do desporto ou seja, a integração do homem na sociedade. O país faz-se com o esforço individual e colectivo. O Interclube tem estado a participar e por isso, o clube pode contar com os apoios do governo”.


Albino da Conceição, secretário de Estado do Desporto


A nossa vitória acaba por ser justa, merecemos vencer este jogo. Vocês viram que não jogamos com vários dos habituais titulares, mas mesmo assim conseguimos ficar com os três pontos. Esta vitória prova que nós temos uma grande equipa”.


Bento Kangamba, presidente do Kabuscorp


Infelizmente as coisas não nos correram tão bem como queríamos, este resultado foi injusto para nós. Acho que merecíamos algo mais por aquilo que fizemos durante os 90 minutos. Não podemos reclamar de nada porque não marcamos e o Kabuscorp marcou”.


Filipe Nzanza - técnico-adjunto do 1º de Agosto


Penso que foi um jogo em que os meus jogadores tudo fizeram para vencer. É verdade que ao contrário do jogo anterior, pela forma como jogamos hoje (ontem) sabíamos que tarde ou cedo íamos chegar ao golo”.

Ilian Iliev- técnico do Interclube


PERGUNTA DO DIA
O treinador da Selecção Nacional, João Florêncio, devia poupar a guarda-redes Maria Pedro, tendo em conta as cirurgias feitas ao joelho e ao tornozelo?



Enquanto responsável da equipa técnica nacional, João Florêncio, devia dispensar a guardiã de formas a recuperar com calma e sem pressa. Com isso, a atleta talvez ganhasse mais protagonismo, por altura da sua volta às quadras.


António Pembele, estudante


A técnica do uso de palmilha, pode parecer uma ideia positiva para que a guarda-redes se sinta à altura de responder às suas responsabilidade ao serviço das campeãs africanas. Contudo, o seleccionador pode estar a contribuir para a desgraça de Maria Pedro.


Fernando Manuel, empreendedor



O professor João Florêncio foi testemunha da máscara que a guarda-redes usou, durante o torneio “Angola 40 anos” devido a cirurgia a que foi submetida, no rosto. Para além dos riscos de contusão que possa sofrer no joelho, a precaução é sempre melhor.



Mário Bruno, funcionário público


AVALIAÇÃO JD
ILIAN ILIEV
Técnico do Interclube Positivo-
Quatro jogos disputados: três vitórias e um empate. Este é o saldo da equipa do Rocha Pinto, a contrariar todos os prognósticos, é o líder isolado do Girabola à entrada da quarta jornada. Depois de um final de 2014 muito atribulado, o técnico soube encontrar o antídoto para dar a volta por cima.


DRAGAN JOVIC
Técnico do 1º de Agosto Negativo-
A equipa do rio seco vai de mal a pior. Averbou, sábado, a sua terceira derrota consecutiva. Números que não estavam na previsões de ninguém, nem dos mais pessimistas. É o “lanterna vermelha”. A equipa do rio seco tem de começar a recuperar, para não se afundar ainda mais.

Últimas Opinies

  • 18 de Julho, 2019

    Final interessante

    Um mês depois de fortes emoções vividas nos estádios e em outros espaços fora e longe dos centros de disputa,  vamos ter,  finalmente,  amanhã dia 19, o cair do pano da XXXII edição do Campeonato Africano das Nações de futebol, organizado pelo Egipto.

    Ler mais »

  • 18 de Julho, 2019

    A dvida de Akw

    O dia 8 de Outubro de 2005, ficará para sempre gravado na história do desporto angolano e do futebol em particular.

    Ler mais »

  • 18 de Julho, 2019

    Assim no est nada bom

    Depois da decepção que foi a participação dos Palancas Negras no Campeonato Africano das Nações, que ainda decorre no Egipto, com encerramento previsto para amanhã, 19 de Julho, pensei que a paz voltaria, quanto antes, a reinar no “quintal” do futebol doméstico, de si já prenhe de problemas.

    Ler mais »

  • 15 de Julho, 2019

    Uma seleco coxa sem craques de elite

    A qualidade  dos jogos dados a ver pelos Palancas Negras no CAN do Egipto, mostrou, mais uma vez, que não temos um estilo que nos identifica em termos de estilo.

    Ler mais »

  • 15 de Julho, 2019

    O real papel do gestor desportivo

    As funções de um gestor desportivo não são mais do que as funções de um gestor de empresas, adaptadas e ajustadas às particularidades de um clube ou federação desportiva.

    Ler mais »

Ver todas »