Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa

Opinio

Cartas do leitor

30 de Março, 2015
Os atletas têm correspondido de forma positiva e aqui quero destacar três jogadores que têm vindo a ter um desenvolvimento muito grande quanto às suas participações nos jogos. É o caso de Carlinhos, Mavambu e Paizinho.


Alexandre Grasseli, treinador do Petro de Luanda



Tenho a sorte de nascer num ambiente de desportistas. O meu pai, de quem sou xará, também jogou futebol e o meu irmão, o Edson, ainda está no activo. Ser técnico de futebol foi sempre o meu sonho.


Daniel Cata Júnior, treinador de futebol


“Decidi produzir este DVD porque espero que as pessoas conheçam a minha história de vida, se incentivem com ela e saibam da importância de aliar a vida desportiva à académica, porque o desporto é muito curto e temos de nos formar e saber o caminho a seguir após a carreira desportiva.


Irene Gonçalves, antiga internacional angolana


Acho que comecei bem e sinto que o técnico conta comigo. Tenho procurado corresponder ao máximo e, com isso, já marquei um golo e penso marcar muito mais".


Belito, jogador do Desportivo da Huíla


PERGUNTA DO DIA
O Kabuscorp do Palanca tem potencialidades para tirar o Interclube da liderança da Primeira Divisão?


A formação vice-campeã do Girabola perdeu pontos e a oportunidade de ficar à frente, pelo que ainda não mostrou de facto vontade de tirar ao Interclube a honra de ser o líder da presente época, apesar de o campeonato só estar ainda na primeira volta. Contudo, vamos esperar que os próximos jogos definam alguma coisa.


Francisco Higino, conta própria


O Kabuscorp nesta altura soma dez pontos, em seis jogos já realizados, e tem o camaronês Albert Meyong como melhor marcador do campeonato. Isto mostra o quanto se tem empenhado para alcançar a liderança, enquanto o Interclube soma mais dois pontos, 12, e continua na frente.



Ernesto Caita, gestor de vendas



As direcções de ambos os clubes (Kabuscorpo-Bento dos Santos Kangamba e Interclube-Alves Simões) ainda na pré-época definiram quais os objectivos de cada equipa. Neste momento o Interclube é o melhor porque está na liderança, mas o Kabuscorp tem vontade de lá chegar.



Augusto António, motorista



AVALIAÇÃO JD
MONCHO LOPEZ

Seleccionador de basquetebol Positivo-
Sem o tempo desejado para trabalhar com a Selecção Nacional sénior masculina, o técnico Moncho Lopez de forma sensata disse que não pretende implementar uma nova filosofia no "cinco" nacional que na Tunísia vai em busca de mais um título continental e da vaga para os Jogos Olímpicos. Bem pensado, para não ter que inventar nada.

ALBERTO BABO
Treinador do Interclube Negativo-
A formação da polícia foi derrotada no jogo com o 1º de Agosto para o grupo A do BIC Basket no passado sábado no pavilhão Victorino Cunha. O Interclube tem objectivos bem definidos e embora nada ainda esteja definido na competição, o certo é que as derrotas fazem mal às equipas e o plantel de Alberto Babo não foge à regra.

Últimas Opinies

  • 24 de Agosto, 2019

    O amiguismo na resciso

    O assunto de momento no nosso futebol, convenhamos, é sem dúvidas o desenlace entre a Federação Angolana de Futebol (FAF) e o técnico Srdjan Vasiljevic, em face de algumas situações que vinham acontecendo e que originou que se estalasse o verniz.

    Ler mais »

  • 24 de Agosto, 2019

    Cartas dos Leitores

    Os jogadores aguardaram isso dos dirigentes, para que a motivação crescesse

    Ler mais »

  • 24 de Agosto, 2019

    O sonho dos grupos

    Após as vitórias extramuros nas deslocações à Tanzânia e ao Lesotho, o 1º de Agosto e Petro têm, neste fim-de-semana, a oportunidade soberana de confirmarem a qualificação para última eliminatória de acesso a fase de grupos da Liga dos Campeões Africanos.

    Ler mais »

  • 22 de Agosto, 2019

    Cartas dos Leitores

    Viemos a público para responder ou esclarecer o que aconteceu.

    Ler mais »

  • 22 de Agosto, 2019

    O divrcio anunciado

    Não faz ainda muito tempo do anúncio do divórcio, entre o órgão reitor do futebol nacional e o então seleccionador nacional de honras, o sérvio Srdjan Vasiljevic, que ontem deixou o país.

    Ler mais »

Ver todas »