Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa

Opinio

Cartas do leitor

16 de Abril, 2015
Somos estreantes e não auguramos grandes posições. Neste primeiro ano queremos ficar nos primeiros dez lugares do campeonato, permanecer no Girabola, para nos anos posteriores vermos se temos condições para alterar os nossos objectivos.”


António Jamba - presidente do Progresso da Lunda Sul


Temos de ter a coragem de assumir, que as coisas não estão boas e a culpa é nossa.
Por isso, vale a pena trabalhar para corrigir o que está mal. O esforço do governo na
construção de quadras polidesportivas possibilitou o surgimento de muitas equipas, que precisam de sair do informal para o formal.”



Eliseu Major, -
vice-presidente da Fafusa


O meu objectivo é voltar a arrebatar a medalha de ouro, penso que o representante da Namíbia e o sul africano que venci na edição passada, vão ser os principais adversários, mas estou a trabalhar muito para ter o resultado que almejo.”


Pedro Gomes, - campeão africano da Zona IV


Mourinho sempre deixou muito claro que ia colocar a jogar, quem estivesse melhor e que nada tinha contra Iker, nem que eu era o ‘seu menino bonito’. Se eu baixasse o rendimento ia perder o lugar. Sempre foi assim. ‘Passei a ter uma lupa tremenda em cima de mim.”


Diego Lopez - ex-guarda-redes do Real Madrid


PERGUNTA DO DIA
Acha que o esforço do Governo, no capítulo desportivo, tem influenciado a juventude a apostar fortemente na formação profissional?


A recente realização do mundial de pesca desportiva, realizada na província de Benguela, concretamente no município portuário do Lobito, em que o Chefe de Estado, José Eduardo dos Santos pediu à juventude mais empenho, vem justificar o quanto o Executivo tem feito”.


Simão César, comerciante


O Executivo, na qualidade de governante do nosso país, tem procurado formas para que haja uma simbiose com a juventude, e com isso ajudá-la na formação desportiva, quer seja no futebol, quer no andebol, basquetebol e hóquei assim como nas modalidades individuais”.


Nelson Evaristo, trabalhador por conta própria


A união faz a força. Portanto, é com este ditado que o Executivo tem levado a cabo a responsabilidade de formar jovens em várias áreas do saber para o bem do desporto. Isto é, desde os praticantes aos dirigentes desportivos”.


César Trinta, comerciante


AVALIAÇÃO JD
ANTÓNIO JAMBA
Presidente do Progresso Positivo-
A vice-liderança do campeonato não subiu à cabeça dos dirigentes da equipa do Progresso da Lunda Sul. O presidente do clube foi peremptório em dizer, que no ano de estreia no Girabola, o objectivo é apenas a manutenção. António Jamba não quer euforias e prefere que no clube todos mantenham os pés bem assentes no chão.

HORÁCIO MOSQUITO
Presidente do CR Caála Negativo-
Por conta de algum aperto financeiro, o presidente do Recreativo da Caála anunciou cortes nos salários dos jogadores, para que a equipa possa aguentar-se no Girabola até o seu término. Mas Horácio Mosquito não foi nada simpático, ao dizer que quem não estiver satisfeito que abandone o clube. Mais humildade também fica bem!

Últimas Opinies

  • 25 de Março, 2019

    Cartas dos Leitores

    Dou, primeiro, os parabéns à selecção da África do Sul, que tem um nível de intensidade de jogo superior ao nosso, pois na metade da primeira parte já estavam a ganhar por dois a zero. Nós também criamos boas jogadas, infelizmente não concretizamos

    Ler mais »

  • 23 de Março, 2019

    O almejado retorno Taa das Naes!

    A presença de Angola na 32ª edição da Taça de África das Nações em futebol já é um facto.

    Ler mais »

  • 23 de Março, 2019

    Agora que venha o CAN do Egipto!

    Que venha agora o CAN do Egipto! Sim, que  venha o Campeonato Africano das Nações porque a fase de qualificação ficou já para atrás. 

    Ler mais »

  • 23 de Março, 2019

    Cartas dos Leitores

    Estou aqui para trabalhar. É uma realidade nova para mim. Nunca estive em África.

    Ler mais »

  • 23 de Março, 2019

    Angola est no Egipto

    O país acordou, hoje, na ressaca da explosão festiva resultante da qualificação da selecção nacional de futebol, ao Campeonato Africano das Nações, a disputar-se em Junho e Julho, no Egipto.

    Ler mais »

Ver todas »