Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa

Opinio

Cartas dos Leitores

15 de Dezembro, 2015
Devemos, com uma atitude agressiva e desafiadora estar preparados, para enfrentar com êxito os compromissos que temos pela frente. A divisa é apenas trabalhar, sempre trabalhar e trabalhar. Temos compromissos muito sérios, não podemos ficar parados a chorar pelo leite derramado


OSVALDO SATURNIO "JESUS" , vice -presidente da FAF


Hoje ganha-se mais que antes e é assim mesmo. Alguns jogadores jovens adormecem debaixo de alguns aparentes de sucesso. Sem querer gabar-me, no meu tempo eu marcava muitos golos de bola parada, só conseguia fazer aquilo, porque depois do treino ainda ficava no campo sozinho para aprimorar cada vez mais a marcação de livres


MBYAVANGA CAPELA , ex - treinador do Kabuscorp e do União do Uíge


Tenho um grupo de jogadores com muita capacidade técnica ou táctica, mas são jovens que precisam de desenvolvimento das suas capacidades, para que no futuro possam representar a selecção de Cabo-Verde e consequentemente darem um salto ao estrangeiro


LÚCIO ANTUNES , treinador cabo-verdiano


Todos sabem que Portugal tem uma boa equipa. No Europeu, é claro, que não há equipas fáceis. Vai ser um jogo em que temos de defender muito bem e sobretudo impedir a individualidade como Ronaldo. A melhor parte do sorteio é que podemos começar a jogar a 14 de Junho, com Portugal. Temos mais dias para nos preparar


LARS LAGERBACK , seleccionador de futebol da Islândia


A PERGUNTA DO DIA
Qual deve ser o aproveitamento, dos treinadores de futebol de nível l, recentemente formados no nosso país?


A nação que tanto amamos é hoje um canteiro de obras, o que quer dizer que cada angolano deve ajudá-lo a crescer e o desporto em particular o futebol, é das modalidades que mais necessitam de profissionais, tendo em conta os desafios que nos esperam.


João Sozinho, Adepto do 1º de Agosto


O programa de desporto escolar, apresentado pelos ministérios da Educação e da Juventude e Desportos, ganha maior responsabilidade após à conclusão do curso de novos treinadores de futebol de nível l, porém espero que seja bem aproveitado.


Tavares João, Agente de relações públicas


Os clubes de futebol nacional, em particular as equipas que labutam no campeonato principal da Primeira Divisão, precisam de aprender a apostar nas camadas de bases para o sustento do sucesso das mesmas, é caso para dizer-se que aí estão os técnicos que precisam de empregos.


Patrick Cassungo, funcionário privado

Últimas Opinies

  • 18 de Julho, 2019

    Final interessante

    Um mês depois de fortes emoções vividas nos estádios e em outros espaços fora e longe dos centros de disputa,  vamos ter,  finalmente,  amanhã dia 19, o cair do pano da XXXII edição do Campeonato Africano das Nações de futebol, organizado pelo Egipto.

    Ler mais »

  • 18 de Julho, 2019

    A dvida de Akw

    O dia 8 de Outubro de 2005, ficará para sempre gravado na história do desporto angolano e do futebol em particular.

    Ler mais »

  • 18 de Julho, 2019

    Assim no est nada bom

    Depois da decepção que foi a participação dos Palancas Negras no Campeonato Africano das Nações, que ainda decorre no Egipto, com encerramento previsto para amanhã, 19 de Julho, pensei que a paz voltaria, quanto antes, a reinar no “quintal” do futebol doméstico, de si já prenhe de problemas.

    Ler mais »

  • 15 de Julho, 2019

    Uma seleco coxa sem craques de elite

    A qualidade  dos jogos dados a ver pelos Palancas Negras no CAN do Egipto, mostrou, mais uma vez, que não temos um estilo que nos identifica em termos de estilo.

    Ler mais »

  • 15 de Julho, 2019

    O real papel do gestor desportivo

    As funções de um gestor desportivo não são mais do que as funções de um gestor de empresas, adaptadas e ajustadas às particularidades de um clube ou federação desportiva.

    Ler mais »

Ver todas »