Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa

Opinio

Cartas dos Leitores

22 de Dezembro, 2015
No fundo, o objectivo é formar um plantel equilibrado em todos os sectores. Temos a obrigatoriedade de introduzir na equipas, atletas que vêm da formação, sobretudo aqueles que despontaram nas várias competições.


Albano César,
treinador do Progresso do Sambizanga


Notamos a existência de pilotos novos a nível do karting, rali, motores, motocross, o que é muito importante para o garante destas disciplinas, num futuro próximo. Auguramos uma época de 2016 boa, por tudo o que foi realizado.


Ramiro Barreira,
vice -presidente da Federação Angolana dos Desportos Motorizados


O grupo está motivado e estou feliz neste ambiente que norteia a selecção. Estamos todos muito concentrados na preparação. Os trabalhos estão a correr muito bem, de acordo com aquilo que a equipa técnica perspectivou.


Fabrício, central do Interclube


Sou muito exigente comigo e quando sinto que estou muito confortável, tenho de mudar de ares, porque isto não faz bem a nenhum atleta. Fiquei quatro anos no 1º de Agosto, conquistei quase tudo e para não relaxar, decidi trocar de clube.


Reggie Moore,
basquetebolista do Petro de Luanda


A PERGUNTA DO DIA
A realização da pré-época, no que toca à equipa principal do Atlético Sport Aviação apenas no próximo ano, deve-se à crise económica e financeira que o país vive?

A direcção da equipa do aeroporto precisa de vir a público, para explicar aos sócios e adeptos afectos ao clube, os verdadeiros motivos que levaram a direcção a optar por realizar a pré - época no próximo ano. Em meu entender, além da crise financeira existem outros pormenores.


Dudas António,
estudante

O Atlético Sport Aviação foi das equipas presentes no último Girabola, que mais sofreu com a crise financeira, facto que podia condicionar a permanência entre os grandes do nosso futebol. E pelos vistos, ainda não deu a volta à situação, pois para mim a falta de dinheiro condiciona o arranque da pré-época.


Fernando Gabriel, estudante


Os responsáveis de direcção do ASA precisam de abrir o jogo e dizer o que de facto se passa. Há crise financeira no país, acho que os sócios vão compreender a situação porque não é um caso isolado de uma equipa, porque outras equipas grandes também podem acabar por ressentir-se da situação.

Valter Bondo, estudante

Últimas Opinies

  • 22 de Agosto, 2019

    O divrcio anunciado

    Não faz ainda muito tempo do anúncio do divórcio, entre o órgão reitor do futebol nacional e o então seleccionador nacional de honras, o sérvio Srdjan Vasiljevic, que ontem deixou o país.

    Ler mais »

  • 22 de Agosto, 2019

    Corrigir o mal no futebol (I)

    A semana passada terminei o artigo com a seguinte sentença: “(…) é importante mudar de estratégia

    Ler mais »

  • 22 de Agosto, 2019

    Mais um falso arranque do Interclube

    Para o desalento dos prosélitos do futebol sénior masculino, as cortinas do Girabola Zap, versão 2019/20, foram descerradas com máculas na jornada inaugural que, mais uma vez, põem em causa a capacidade organizativa da Federação Angolana de Futebol (FAF), que parece apostada numa competição em que é premiada a instituição que mais erros comete ao longo do “consulado”.

    Ler mais »

  • 19 de Agosto, 2019

    O pas dos amigalhaos

    Foi recentemente anunciada a rescisão contratual do treinador Srdjan Vasilevic com a Federação Angolana de Futebol.

    Ler mais »

  • 19 de Agosto, 2019

    Como causar impacto atravs do marketing?

    De facto, para que se crie um impacto forte e eficaz através do marketing desportivo, é indispensável que os clubes e federações deem atenção ao formato comunicativo a ser utilizado.

    Ler mais »

Ver todas »