Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa

Opinio

Cartas dos Leitores

14 de Janeiro, 2016
“Nós conhecemos alguns deles, como o Dax, Kibeixa e Mabululo, atletas que dispensam apresentação. Já tivemos também a oportunidade de trabalhar com os atletas camaroneses, que são bons jogadores e posso dizer que são a mais valia para aquilo que é o nosso objectivo para esta temporada.”


BEBÉ , capitão do Interclube


“Não estaremos presentes para disputar a Supertaça, porque continuamos sem dinheiro, como é do domínio público. Neste momento, estamos a envidar esforços para participarmos na segunda divisão, embora a decisão seja deliberada na Assembleia Geral Extraordinária.”


AUGUSTO QUITADICA , presidente do Bravos do Maquis


“Neste momento, a África do Sul não dá-nos garantias de efectuarmos jogos de controlo com boas equipas, a nossa preocupação é fazer o maior número possível de jogos, mas frente a adversários de bom nível e com as suas boas equipas.”


ZECA AMARAL , treinador do Benfica de Luanda


“O Sagrada Esperança é das equipas do nosso futebol, que não tem apresentado problemas financeiros, então, não pode continuar a lutar apenas para a permanência na Primeira Divisão, por ser uma das principais referências do nosso futebol.”


ERNESTO MUANGALA , governador provincial da Lunda Norte


A PERGUNTA DO DIA
Acha que a experiência do técnico Zoran Maki pode ser determinante para levar o Sagrada Esperança aos lugares cimeiros do próximo Girabola?


O professor Zoran Manki, faz parte dos poucos técnicos, que durante a época passada, souberam dignificar as suas equipas no Girabola. Motivo pelo qual realiza nesta altura, a fase preparatória da Taça da Confederação, para além de outras responsabilidades.


Manuel Pais, estudante


Os treinadores, quando ganham, são bem vistos. Quando acontece o contrário, são os primeiros a pagar a factura. Zoran Makis é experiente e pode, sim, levar o clube a um lugar digno.


José Kelagente , estudante


Zoran Manki já mostrou durante o Girabola passado, que é o profissional ideal no local certo, mas precisamos de entender que o assunto em causa, refere-se à nova época, que se inicia no primeiro trimestre do ano. E não há temporadas iguais. Tudo pode acontecer mesmo antes do arranque do campeonato.

João Massaki ,
estudante

Últimas Opinies

  • 24 de Agosto, 2019

    O amiguismo na resciso

    O assunto de momento no nosso futebol, convenhamos, é sem dúvidas o desenlace entre a Federação Angolana de Futebol (FAF) e o técnico Srdjan Vasiljevic, em face de algumas situações que vinham acontecendo e que originou que se estalasse o verniz.

    Ler mais »

  • 24 de Agosto, 2019

    Cartas dos Leitores

    Os jogadores aguardaram isso dos dirigentes, para que a motivação crescesse

    Ler mais »

  • 24 de Agosto, 2019

    O sonho dos grupos

    Após as vitórias extramuros nas deslocações à Tanzânia e ao Lesotho, o 1º de Agosto e Petro têm, neste fim-de-semana, a oportunidade soberana de confirmarem a qualificação para última eliminatória de acesso a fase de grupos da Liga dos Campeões Africanos.

    Ler mais »

  • 22 de Agosto, 2019

    Cartas dos Leitores

    Viemos a público para responder ou esclarecer o que aconteceu.

    Ler mais »

  • 22 de Agosto, 2019

    O divrcio anunciado

    Não faz ainda muito tempo do anúncio do divórcio, entre o órgão reitor do futebol nacional e o então seleccionador nacional de honras, o sérvio Srdjan Vasiljevic, que ontem deixou o país.

    Ler mais »

Ver todas »