Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa

Opinio

Cartas dos Leitores

18 de Janeiro, 2016
Neste momento o meu contrato com o Petro terminou, mas não estou preocupado porque a qualquer momento vou renovar. Estou livre, mas o clube é a minha prioridade, ai formei uma família e escrevi o meu nome. No desporto parecemos mercenários, mas nem sempre dinheiro é o mais importante, temos que ter noção daquilo que já fizeram por nós.



Vamos oferecer bolsas internas não só ao basquetebol, mas também ao andebol e futebol em todos os escalões, porque não temos capacidade para oferecer bolsas externas. O clube tem poucos recursos e vamos procurar manter os nossos melhores, oferecendo bolsas internas não a todos, mas aos melhores atletas.


ELIAS JOSÉ , presidente do ASA


Somos uma instituição que tem a responsabilidade de gerir e não vamos dar ouvidos a mexericos ou boatos. Estamos a pensar em ter um treinador competente para realizar a tarefa e os compromissos da selecção. Por enquanto, não há nenhum contacto. É preciso paciência e respeito pelo trabalho dos outros .

PAULO MADEIRA , presidente da FAB


A minha grande prioridade é Wimbledon, porque foi onde vi os meus heróis vencerem e foi onde sonhei ganhar desde pequeno. Claro que os Jogos Olímpicos é um grande acontecimento, acontece apenas a cada quatro anos, mas por alguma razão ainda prefiro Wimbledon. Estou bem, treinei ontem e hoje.


ROGER FEDERER,
Número três do Ranking


A PERGUNTA DO DIA
Qual é o segredo para que o Atlético Sport Aviação consiga atingir os objectivos que definiu para a época´2016?


A equipa técnica da formação aviadora, cuja responsabilidade é confiada ao treinador de nacionalidade brasileira, Roberto do Carmo "Robertinho", teve o cuidado de elaborar um programa de trabalho que satisfaz a honra deste histórico clube nacional, portanto façamos votos de sucessos..


Mário Venâncio, funcionário público


A direcção da formação da Rua 21 de Janeiro precisa ouvir mais os seus críticos, sócios e adeptos para além do elenco que constitui a equipa técnica. Caso assim for, estará a altura de corrigir os erros cometidos e apostar mais aos jogadores de escalões inferiores.


Domingos Kilolo , estudante


O sucesso de uma determinada equipa de futebol da Primeira Divisão, como é o caso do ASA depende pura e simplesmente da filosofia de trabalho do seu técnico, espero que o mesmo saiba transmitir ideias ambiciosas e determinantes aos seus atletas, durante o Girabola´2016.


António José, estudante

Últimas Opinies

  • 19 de Agosto, 2019

    Como causar impacto atravs do marketing?

    De facto, para que se crie um impacto forte e eficaz através do marketing desportivo, é indispensável que os clubes e federações deem atenção ao formato comunicativo a ser utilizado.

    Ler mais »

  • 19 de Agosto, 2019

    Petro escorregou Vasiljevic j era

    O grande Petro já  atemoriza os seus adeptos em poder continuar a fazer travessia no deserto neste seu “hibernar” sem título desde 2009: empatou mesmo depois de o presidente.

    Ler mais »

  • 19 de Agosto, 2019

    Cartas dos Leitores

    Penso, que não há  muitas alterações  em relação aos candidatos, o 1º de Agosto procura o Penta e o Petro luta para quebrar o jejum de 10 anos, sem conquistar o campeonato.

    Ler mais »

  • 19 de Agosto, 2019

    Girabola de todos

    Soltaram-se assobios, no último fim-de-semana. Voltou aos palcos nacionais, o futebol de primeira grandeza. Ou seja, o campeonato nacional da primeira divisão, o nosso Girabola.

    Ler mais »

  • 19 de Agosto, 2019

    O segundo pecado da FAF

    A direcção de Artur Almeida e Silva acaba de cometer o segundo pecado, na gestão dos destinos da Federação Angolana de Futebol(FAF). O primeiro, assenta na desorganização que já a caracteriza.

    Ler mais »

Ver todas »