Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa

Opinio

Cartas dos Leitores

28 de Janeiro, 2016
A minha função de director para as relações institucionais tem visão futurista. Queremos criar intercâmbio com clubes estrangeiros, que tenham uma grande dimensão dentro e fora dos seus países.


Gilberto , director para as relações internacionais do Benfica de Luanda

Estivemos bem no campo e defendemos as cores da bandeira nacional com firmeza. A equipa melhorou muito nos aspectos técnicos, estratégico, físico, psicológico e trabalhou mais em relação aos jogos passados. Houve organização e o grupo esteve bem.


Alberto Cardeau, técnico do FC Bravos do Maquis


Em relação à situação do país, o Atlético do Namíbe, não está de fora. O clube vive carências financeiras há anos. Apesar dessas dificuldades, estamos a fazer o nosso papel. Assumimos um compromisso e estamos a cumprir. Enquanto João Pedro Paxe for o presidente do Atlético, não aceito a pressão.


João Pedro Paxe , presidente do Atletismo do Namibe


Senti que minha carreira precisava de um novo e forte impulso, de uma mudança. É por isso, que entrei em acordo com David para acabar com nossa colaboração, depois de uma conversa entre nós.


Petra Kvitova ,
tenista Checa


A PERGUNTA DO DIA
O futuro da equipa principal de futebol do 1º de Agosto está salvaguardado depois da revalidação do título de Campeão Nacional em Sub-20?


A direcção do nosso clube é dos poucos no mercado nacional, que ao longo dos últimos anos tem justificado os avultados investimentos financeiros, em prol da descoberta de novos talentos e da massificação da prática desportiva. Acreditamos, que este seja só o começo de uma longa carreira de vitórias.


Garcia Estêvão , adepto


O nosso clube tem mostrado o quanto é importante investirmos nos escalões de formação, tendo em conta os desafios que o futuro nos espera, pois com a conquista da taça de Campeão Nacional de Sub - 20 em futebol, a equipa principal estará em melhores condições de garantir o futuro.


Amaral Catraio , adepto


Apesar de não acompanhar o desenvolvimento directo do nosso desporto, em particular do futebol, ainda assim dou ênfase ao projecto do presidente do Clube 1º de Agosto, general Carlos Hendrick, pois tem mostrado que com vontade e união se vai longe e faz-se muito boas coisas.


Geraldo Micael ,
estudante

Últimas Opinies

  • 15 de Julho, 2019

    O real papel do gestor desportivo

    As funções de um gestor desportivo não são mais do que as funções de um gestor de empresas, adaptadas e ajustadas às particularidades de um clube ou federação desportiva.

    Ler mais »

  • 15 de Julho, 2019

    Quem explica o desporto angolano?

    O nosso desporto merece um estudo profundo, para se encontrar explicações que justifiquem os resultados que vai tendo.

    Ler mais »

  • 15 de Julho, 2019

    Cartas dos Leitores

    No nosso grupo (A),  somos a única selecção (Angola) que tem a sua primeira participação  a este nível. Canadá vai para a sua sétima, Nova Zelândia.

    Ler mais »

  • 15 de Julho, 2019

    Objectivo falhado

    Angola não conseguiu alcançar o objectivo preconizado no Mundial de Hóquei em Patins, que se disputou em Barcelona, Espanha, acabando por se quedar na sexta posição.

    Ler mais »

  • 13 de Julho, 2019

    Cartas dos Leitores

    Vamos entrar para o campeonato em cada jogo para ganhar, nós queremos começar bem, com o pé direito. Como sabem, já temos o calendário.

    Ler mais »

Ver todas »