Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa

Opinio

Cartas dos Leitores

11 de Fevereiro, 2016
Vamos jogar no próximo fim-de-semana em Calulo e penso que estamos prontos para ultrapassar este adversário da Guine Equatorial. Espero que não aconteça o mesmo desaire do ano passado, foi uma eliminatória difícil, calhámos com uma equipa da RDC com o segundo jogo em Kinshasa e foi muito complicado nestas condições


RUI CAMPOS , presidente do Recreativo do Libolo


A situação que me preocupa, em função do tempo que falta para início do Girabola, é a linha atacante. Este sector está a falhar muitos golos, porque ainda não estão bem preparado. Mas deu-me bons indicadores, porque os jogadores chutaram várias vezes à baliza, mas não concretizaram apesar das oportunidades.
JOÃO MACHADO , treinador do 4 de Abril do Cuando Cubango


Encerrou uma etapa muito bonita para mim (comandar o Real Madrid). Pude treinar uma equipa grande como o Real Madrid e também grandes jogadores. Estou muito contente com o prémio. Viver em Madrid foi lindo, mas fechou-se uma porta e abriu-se outra. O futebol é assim.


CARLO ANCELOTTI , treinador de futebol


Não gostei da derrota na Austrália, mas não posso solucioná-la. De Pequim até Doha consegui resultados muito bons em quadras complicadas para mim, e na Austrália tive um dia que não foi adequado. Agora, não posso fazer nada além de olhar adiante e continuar a trabalhar


RAFAEL NADAL ,
tenista espanhol


A PERGUNTA DO DIA
A realização do primeiro curso de Medicina Desportiva que se inicia hoje na Cidadela, se enquadra no programa de melhorias apresentado pela FAF?

O futebol angolano, tal igual ao que se pratica em várias partes do mundo, tem vindo a registar grandes melhorias e uma delas se resume ao curso de medicina desportiva voltado directamente ao futebol para treinadores e seus agentes.


José Kilagente , estudante


A Federação Angolana de Futebol através do primeiro curso de Medicina Desportiva entre agentes e treinadores das equipas profissionais, vem mostrar o quanto é importante apostar na formação do homem e para provar este propósito do órgão máximo da modalidade no país, decorre desde hoje, no Complexo da Cidadela.


Agnaldo Lopes, funcionário público


A A direcção da FAF sob domínio de Pedro Neto reconhece o quanto é importante levar o bom nome do futebol nacional além fronteiras, um trabalho que exige a participação de todos. Nesta senda, juntamos a nova marca do campeonato principal de futebol da Primeira Divisão "Girabola Zap".


Alberto Flay , funcionário público

Últimas Opinies

  • 24 de Agosto, 2019

    O amiguismo na resciso

    O assunto de momento no nosso futebol, convenhamos, é sem dúvidas o desenlace entre a Federação Angolana de Futebol (FAF) e o técnico Srdjan Vasiljevic, em face de algumas situações que vinham acontecendo e que originou que se estalasse o verniz.

    Ler mais »

  • 24 de Agosto, 2019

    Cartas dos Leitores

    Os jogadores aguardaram isso dos dirigentes, para que a motivação crescesse

    Ler mais »

  • 24 de Agosto, 2019

    O sonho dos grupos

    Após as vitórias extramuros nas deslocações à Tanzânia e ao Lesotho, o 1º de Agosto e Petro têm, neste fim-de-semana, a oportunidade soberana de confirmarem a qualificação para última eliminatória de acesso a fase de grupos da Liga dos Campeões Africanos.

    Ler mais »

  • 22 de Agosto, 2019

    Cartas dos Leitores

    Viemos a público para responder ou esclarecer o que aconteceu.

    Ler mais »

  • 22 de Agosto, 2019

    O divrcio anunciado

    Não faz ainda muito tempo do anúncio do divórcio, entre o órgão reitor do futebol nacional e o então seleccionador nacional de honras, o sérvio Srdjan Vasiljevic, que ontem deixou o país.

    Ler mais »

Ver todas »