Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa

Opinio

Cartas dos Leitores

08 de Março, 2016
Podíamos ter resolvido o jogo logo aos quinze minutos, mas não marcamos e ansiedade apoderou-se dos jogadores, e acabamos por sofrer muito na procura do golo. O futebol é isso e devido os falhanços percebemos que o jogo devia ser traiçoeiro, mas tão logo conseguimos marcar a equipa ganhou tranquilidade foi fazendo o seu jogo.


MILLER GOMES ,
treinador do Kabuscorp do Palanca


A primeira parte foi má para nós, contudo, na segunda procuramos acertar, mas o Kabuscorp criou muitas oportunidades e marcou o golo da vitória. Devo apenas dar os meus parabéns ao Kabuscorp que tudo fez para vencer. Hoje a minha equipa não conseguiu criar oportunidades de golos e quando é assim só temos que nos queixar de nós.


ZORAN MAKI ,
treinador do Bravos do Maquis


Aos adeptos, sócios, amigos, simpatizantes e ao público em geral manifestamos o nosso apreço pelo apoio prestado a quando da realização dos jogos. Gostaríamos também agradecer os apoios prestados pelo governo provincial, da direcção provincial da Juventude e Desportos, APF da Huíla e da Administração Municipal do Lubango.


SAMY MATIAS , seleccionador nacional de sub-20


Os documentos a que tive acesso mostram que havia uma conta em nome de Schwann e no meu nome. Mas é preciso levar em consideração que Robert encarregava-se de todos os meus assuntos: desde a troca de uma lâmpada até contratos importantes. Só soube que o dinheiro foi para o Qatar na última quarta-feira.

FRANZ BECKENBAUER ,
ex-jogador da selecção alemã


A PERGUNTA DO DIA
A maior goleada da 3ª jornada do Girabola Zap aplicada pelo ASA sobre o Recreativo da Caála, justifica a melhoria competitiva da equipa aviadora?


O Atlético Sport Aviação conseguiu no final de semana mostrar o quanto tem procurado melhorar a sua performance em campo, motivo por que os aviadores foram a única equipa que conseguiu marcar maior número de golos durante a terceira jornada do Giarabola Zap.


José Kilagente, estudante


A formação da rua 21 de Janeiro, apesar de sofrer derrota no desafio da segunda jornada da presente época, diante do Progresso da Luanda (0 - 1), procurou ao longo da semana de treinos corrigir os erros cometidos, durante os 90 minutos. O resultado ficou patente ao golear o Caála por 3- 1.


josé dombaxi,
motorista


O ASA está motivado a visitar na próxima jornada a formação campeã do Girabola, o Recreativo do Libolo e vencer em Calulo. Mas para isso, deve manter o mesmo nível profissional demonstrado no desafio da 3ª jornada, sobre o Recreativo da Caála, 3- 1, foi o resultado do jogo.


Atanásio Honda, estudante.

Últimas Opinies

  • 19 de Agosto, 2019

    Como causar impacto atravs do marketing?

    De facto, para que se crie um impacto forte e eficaz através do marketing desportivo, é indispensável que os clubes e federações deem atenção ao formato comunicativo a ser utilizado.

    Ler mais »

  • 19 de Agosto, 2019

    Petro escorregou Vasiljevic j era

    O grande Petro já  atemoriza os seus adeptos em poder continuar a fazer travessia no deserto neste seu “hibernar” sem título desde 2009: empatou mesmo depois de o presidente.

    Ler mais »

  • 19 de Agosto, 2019

    Cartas dos Leitores

    Penso, que não há  muitas alterações  em relação aos candidatos, o 1º de Agosto procura o Penta e o Petro luta para quebrar o jejum de 10 anos, sem conquistar o campeonato.

    Ler mais »

  • 19 de Agosto, 2019

    Girabola de todos

    Soltaram-se assobios, no último fim-de-semana. Voltou aos palcos nacionais, o futebol de primeira grandeza. Ou seja, o campeonato nacional da primeira divisão, o nosso Girabola.

    Ler mais »

  • 19 de Agosto, 2019

    O segundo pecado da FAF

    A direcção de Artur Almeida e Silva acaba de cometer o segundo pecado, na gestão dos destinos da Federação Angolana de Futebol(FAF). O primeiro, assenta na desorganização que já a caracteriza.

    Ler mais »

Ver todas »