Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa

Opinio

Cartas dos Leitores

17 de Maio, 2016
Defendemos bem. Sabemos que o Benfica é muito forte no jogo aéreo e nas transições rápidas, marcámos e conseguimos conservar este golo. Tivemos ao longo do jogo oportunidades para fazer mais golos, mas não conseguimos. Fomos mais felizes e acho que lutámos bastante, estivemos bem organizados e isso ajudou bastante.


LUÍS BORGES, treinador do Interclube


Penso honestamente, que nos últimos jogos, tem havido alguma falta de justiça nos resultados. Temos jogado bem, mas não temos marcado golos, creio que começando já com o 1º de Maio, onde não devíamos perder. Hoje (ontem) na primeira vez que o Interclube rematou à baliza fez um golo. Vamos levantar a cabeça e continuar a trabalhar.


ZECA AMARAL , treinador do Benfica de Luanda


Não sei se foi a minha melhor temporada. Eu gosto de estar sempre a ultrapassar as minhas estatísticas, os meus recordes, estar sempre a superar-me cada dia. Estou muito feliz, muito orgulhoso pela temporada, pela liga que fizemos. Foi uma conquista de muito trabalho, muito suor, muito difícil, que no final foi uma recompensa muito grande para nossa equipa.


NEYMAR, jogador do Barcelona


Eu queria ser campeão inglês este ano, mas desde Fevereiro quando o clube anunciou a chegada do novo treinador, o ambiente já não era mais o mesmo", confessou o chileno, ressaltou que a equipa "perdeu dois jogos em casa" depois daquele momento. A única opção para hoje era somar um ponto para garantir a vaga na Liga dos Campeões.


MANUEL PELLEGRINI, treinador do Manchester City


A PERGUNTA DO DIA
Pelo arranque que tiveram as meias -finais do BIC BASKET, acha que 1º de Agosto e Recreativo do Libolo são os finalistas da prova?



A competitividade apresentada pelo quarteto da equipa principal do 1º de Agosto em sénior masculino, comandado por Cedrick Ison, Islando Manuel, Edson Ndoniema e Tariq Kirksay leva-nos a acredita na possível final entre as equipas em causa.


Domingos Matias, estudante


A derrota imposta pela formação do 1º de Agosto ao Petro de Luanda, 75 - 102, no sábado, em pleno Pavilhão Principal da Cidadela Desportiva, garante-nos o quanto está a melhorar a sua performance em campo. Com este resultado esperamos manter o espírito vitorioso.


Toco Diakenga, empreiteiro


É cedo demais para adiantar com certa clareza este tipo de questão. Com isto devo também dizer, que estamos a acompanhar a cada etapa de jogo do BIC BASKETE para então pudermos confirmar os finalistas desta edição.

Nelo Camela, estudante

Últimas Opinies

  • 19 de Agosto, 2019

    Como causar impacto atravs do marketing?

    De facto, para que se crie um impacto forte e eficaz através do marketing desportivo, é indispensável que os clubes e federações deem atenção ao formato comunicativo a ser utilizado.

    Ler mais »

  • 19 de Agosto, 2019

    Petro escorregou Vasiljevic j era

    O grande Petro já  atemoriza os seus adeptos em poder continuar a fazer travessia no deserto neste seu “hibernar” sem título desde 2009: empatou mesmo depois de o presidente.

    Ler mais »

  • 19 de Agosto, 2019

    Cartas dos Leitores

    Penso, que não há  muitas alterações  em relação aos candidatos, o 1º de Agosto procura o Penta e o Petro luta para quebrar o jejum de 10 anos, sem conquistar o campeonato.

    Ler mais »

  • 19 de Agosto, 2019

    Girabola de todos

    Soltaram-se assobios, no último fim-de-semana. Voltou aos palcos nacionais, o futebol de primeira grandeza. Ou seja, o campeonato nacional da primeira divisão, o nosso Girabola.

    Ler mais »

  • 19 de Agosto, 2019

    O segundo pecado da FAF

    A direcção de Artur Almeida e Silva acaba de cometer o segundo pecado, na gestão dos destinos da Federação Angolana de Futebol(FAF). O primeiro, assenta na desorganização que já a caracteriza.

    Ler mais »

Ver todas »