Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa

Opinio

Cartas dos Leitores

25 de Maio, 2016
Quando se ganha, diz-se que está tudo bem, mas a exibição ainda não é a que a gente esperava. Contudo, como se trata de jogos a eliminar, o que conta são os golos e não a exibição, propriamente dita. Vamos trabalhar a dobrar durante estas duas semanas, para o jogo da segunda-mão, em Libreville.

Samy Matias ,
treinador dos Palanquinhas

Vocês observaram o jogo e eu estou em condições de afirmar, que o resultado não reflecte o que aconteceu em campo. Perdemos por inexperiência, mas garanto-vos que no jogo da segunda-mão aposto totalmente no ataque, de forma que possamos marcar muitos golos.

Thierry Mouyouma ,
técnico da selecção de Sub-20 do Gabão

O meu objectivo é prolongar o meu contrato. Penso que estou num grande clube, à dimensão dos melhores nos Camarões, e gostava de ajudar nos objectivos. Quero continuar em Angola, sobretudo, porque fui muito bem recebido.

Nyame Patrick , jogador camaronês do Sagrada Esperança

O que amo na Mercedes, é ver pessoas como o Stirling Moss , mesmo com a idade que ele tem, ele ainda está com a Mercedes, é uma marca para a vida toda. Eles ficam contigo, cuidam de ti, você vai sempre fazer parte disso. Não me consigo imaginar sem ele fora disso.

Lewis Hamilton , piloto de Fórmula 1 da Mercedes

A PERGUNTA DO DIA
O 1º de Agosto merecia perder o jogo com o Interclube, por desperdiçar uma vantagem de 3-0 ainda no primeiro tempo?

Sim, porque foi duro perder em casa; aquele empate teve sabor à derrota. Aproveito a oportunidade para deixar um recado à equipa técnica: acho que é o momento de utilizar o guarda-redes Tony Cabaça. É um bom jogador merece ser dado mais oportunidade.

Carlos Macumbi , estudante

Acho que o jogo não merecia terminar assim. Mas também devo dizer que foi muito descuido dos militares. Aprendemos nesta vida que não se pode cantar vitória antes do apito final e foi o erro cometido pelo D´gosto. Aprende-se com os erros e penso que terão mais cautelas daqui para frente.

Adelino Isaac,
estafeta

Foi merecido o resultado, porque tinham resolvido praticamente o jogo ainda na primeira parte e mesmo assim não souberam defender a vantagem confotável de 3-0. Ficaram relaxados na segunda parte a pensar que o jogo estava ganho e o Inter preparou a sua defesa e pressionou bastante até empatar.

Abel Congo , funcionário público

Últimas Opinies

  • 19 de Agosto, 2019

    Como causar impacto atravs do marketing?

    De facto, para que se crie um impacto forte e eficaz através do marketing desportivo, é indispensável que os clubes e federações deem atenção ao formato comunicativo a ser utilizado.

    Ler mais »

  • 19 de Agosto, 2019

    Petro escorregou Vasiljevic j era

    O grande Petro já  atemoriza os seus adeptos em poder continuar a fazer travessia no deserto neste seu “hibernar” sem título desde 2009: empatou mesmo depois de o presidente.

    Ler mais »

  • 19 de Agosto, 2019

    Cartas dos Leitores

    Penso, que não há  muitas alterações  em relação aos candidatos, o 1º de Agosto procura o Penta e o Petro luta para quebrar o jejum de 10 anos, sem conquistar o campeonato.

    Ler mais »

  • 19 de Agosto, 2019

    Girabola de todos

    Soltaram-se assobios, no último fim-de-semana. Voltou aos palcos nacionais, o futebol de primeira grandeza. Ou seja, o campeonato nacional da primeira divisão, o nosso Girabola.

    Ler mais »

  • 19 de Agosto, 2019

    O segundo pecado da FAF

    A direcção de Artur Almeida e Silva acaba de cometer o segundo pecado, na gestão dos destinos da Federação Angolana de Futebol(FAF). O primeiro, assenta na desorganização que já a caracteriza.

    Ler mais »

Ver todas »