Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa

Opinio

Cartas dos Leitores

12 de Junho, 2015
“Não ganhar o título africano significará fracasso, tenho consciência disso. Mas também, isso pode acontecer...por isso, teremos que trabalhar todos de forma unida para que o nosso objectivo seja coroado de êxito”
Moncho Lopez , seleccionador nacional de basquetebol

“As acusações do presidente do Caála sobre possíveis actos de corrupção no futebol angolano constituem um problema antigo, que requer intervenção urgente dos órgãos afins para apuramento da verdade"
Joaquim Dinis, antigo internacional angolano

“Estamos em Luanda desde segunda-feira, por causa do repouso que o Girabola está a viver nestes dias, devido aos compromissos dos Palancas Negras, que vão disputar jogos eliminatórios para o CHAN e para o CAN. Perspectivamos disputar alguns amistosos com equipas daqui"
Francisco Moniz , treinador do Sagrada Esperança

“Estávamos a fazer uma boa recuperação, ou seja, vínhamos embalados com resultados positivos que nos relançaram para posições que vão de encontro aos nossos objectivos. Esta paragem interfere negativamente nos nossos objectivos”
Ito, médio do Progresso Sambizanga


A PERGUNTA DO DIA

Quando falta apenas um dia para o desafio das qualificativas ao CAN de 2017, diante da República Centro Africana, quais devem ser as pretensões de Romeu Filemon?

O seleccionador nacional, Romeu Filemon, deve aprimorar com alguma urgência o sector atacante, isto porque é o que está constantemente em desvantagem, devido à fraca eficácia dos pontas-de-lanças e isto condiciona também a ausência de golos a nosso favor nos jogos a doer. Eduardo Morais, funcionário público

O professor Filemon, na qualidade de responsável máximo da equipa técnica dos Palancas Negras, precisa de alguma forma, de rever friamente todo o sistema de treinos até aqui já feitos com os atletas, face ao jogo de amanhã para as qualificativas ao CAN de 2017 diante da República Centro Africana. Joaquim Hamuyela, funcionário público

A comunicação entre equipa técnica e jogadores é o maior benefício para o trabalho que nesta altura Romeu Filemon precisa de efectuar porque já deve ter treinado tudo. Acredito que se assim for, teremos uma equipa mais aguerrida para o desafio de amanhã, no Estádio Nacional da Tundavala na província da Huíla.
Alfredo Alexandre, funcionário público

AVALIAÇÃO JD
HELDER MARTINS
Árbitro internacional=Positivo

O árbitro FIFA Helder Martins foi escolhido pela Confederação Africana de Futebol para chefiar a equipa de arbitragem que este domingo ajuíza o jogo entre a Zâmbia e a lusófona Guiné-Bissau para a primeira jornada do grupo E na corrida para o CAN. É o reconhecimento do seu trabalho.


TRESOR MABI
Internacional congolês=Negativo

Pelos vistos, a "novela-Tresor Mabi" ainda promete muitos capítulos. O jogador que o Kabuscorp foi buscar ao TP Mazembe da RDC e agora em parte incerta, foi convocado pelo comité de Disciplina da FAF para falar dos seus incumprimentos contratuais, enquanto vai reafirmando que o clube do Palanca tem dívidas por pagar.

Últimas Opinies

  • 23 de Março, 2019

    Agora que venha o CAN do Egipto!

    Que venha agora o CAN do Egipto! Sim, que  venha o Campeonato Africano das Nações porque a fase de qualificação ficou já para atrás. 

    Ler mais »

  • 23 de Março, 2019

    Cartas dos Leitores

    Estou aqui para trabalhar. É uma realidade nova para mim. Nunca estive em África.

    Ler mais »

  • 23 de Março, 2019

    Angola est no Egipto

    O país acordou, hoje, na ressaca da explosão festiva resultante da qualificação da selecção nacional de futebol, ao Campeonato Africano das Nações, a disputar-se em Junho e Julho, no Egipto.

    Ler mais »

  • 21 de Março, 2019

    Amanh um "tudo ou nada

    Amanhã é uma espécie de Dia D, para nós, e tal fica a dever-se aos ‘’Palancas Negras’’

    Ler mais »

  • 21 de Março, 2019

    Um regresso depois de quase dez anos

    Volvidos quase dez anos, volto a assumir uma missão como enviado especial do Jornal dos Desportos, título para o qual escrevo desde o ano de 1997, e que nesse momento assumo o cargo de editor, depois de já ter sido sub-editor e correspondente provincial.

    Ler mais »

Ver todas »