Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa

Opinio

Cartas dos Leitores

28 de Novembro, 2017
O nosso projecto não era de pôr uma equipa tão cedo no Girabola Zap, mas calhou e pronto, não tinha alternativa senão competir. Praticamente, o que aconteceu foi o que ocorreu com o elenco que nos antecedeu, que meteu o clube na Primeira Divisão. Não era isso, que queríamos.

AUGUSTO NEVES ANTÓNIO,
presidente da APF do Uíge

Conhecemos as dificuldades que o judo atravessa. Fomos empossados e assumimos um compromisso difícil, a que nos propusemos na participação massiva, ética e unificação. Se estivermos unidos e conseguirmos combater as linhas postas no judo, e que trazem sérios problemas, vamos ser felizes.

BARTOLOMEU DIAS, vice -presidente da APJ de Luanda

Depois da pressão, que os nossos adversários tiveram deste incrível público, a equipa do Egipto também vai preparar-se para proporcionar circunstâncias que galvanizem os atletas. A presença de uma moldura humana eufórica, vai ser uma realidade. Contudo, vamos trabalhar os aspectos psicológico, para que isso, não seja um obstáculo fatal para nós.

WILLIAMS VOIGT ,
seleccionador de basquetebol masculino

Não estou contente, com as suas últimas partidas, de Henrikh Mkhitaryan. E, não falo de um, ou dois jogos. Falo de três, quatro ou cinco. Ele começou bem a época, mas está a desaparecer pouco a pouco. O seu rendimento caiu gradualmente, enquanto isso, outros jogadores trabalham e merecem oportunidades.

JOSÉ MOURINHO , treinador do Manchester United

Últimas Opinies

  • 07 de Abril, 2021

    Ida ao Mundial marcou o futebol

    Em 2018, a nossa selecção de futebol adaptado trouxe-nos o primeiro troféu de cariz Mundial, ao vencer o campeonato do Mundo.

    Ler mais »

  • 07 de Abril, 2021

    Ganhos que podem ir ao ralo

    A circulação de pessoas e bens, apesar das dificuldades das estradas, faz-se com segurança.

    Ler mais »

  • 05 de Abril, 2021

    Um toque ao desenvolvimento

    O país comemorou ontem mais um ano de paz. Foi a 4 de Abril de 2002 que a Nação angolana presenciou a cerimónia que marcou o fim de um período de guerra que deixou inúmeras cicatrizes.

    Ler mais »

  • 05 de Abril, 2021

    Os ganhos da nossa vaidade

    Ao assinalarmos 19 anos, desde que o país começou a desfrutar do alívio que só a paz proporciona, não há como não reconhecer os ganhos havidos no sector desportivo neste lapso de tempo.

    Ler mais »

  • 05 de Abril, 2021

    Um retrocesso em alguns casos

    O desporto foi o grande embaixador do país, algumas modalidades assumiram-se como verdadeiros porta-estandartes, dado os feitos protagonizados por algumas selecções nacionais.

    Ler mais »

Ver todas »