Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa

Opinio

Cartas dos leitores

06 de Setembro, 2018
Foi um campeonato difícil, tivemos muitas contrariedades, mas felizmente conseguimos o nosso objectivo, que era conquistar o título. Estamos felizes com esta conquista, vamos continuar a trabalhar, porque a nossa época ainda não acabou. Temos ainda a Liga do Campeões e vamos dar o nosso máximo.

ZORAN MAKI, técnico principal da equipa de futebol do 1º de Agosto

Tentamos alcançar o resultado que nos interessava, mas não conseguimos. Quero dar os parabéns aos meus jogadores, que estiveram bem neste jogo. O adversário veio mais para fazer anti-jogo e na segunda parte jogamos apenas 20 minutos. Uma coisa é queimar tempo com trocas e posse de bola, outra é ficar caído no campo.

BETO BIANCHI, treinador de futebol do Petro de Luanda

Se não chegássemos tarde a Bamako, não perderíamos com o Senegal. A derrota levou-nos a cruzar com o Mali nas meias-finais. O país não pode ganhar sempre, tem de continuar a trabalhar para defrontar adversários fortes. O que disse antes de viajar para Bamako não retiro. Tão logo chegar a Luanda, vou colocar o meu cargo à disposição .

MANUEL DA SILVA “GI”, técnico nacional de basquetebol masculino de Sub-18

A razão é objectiva, simples e resume-se na ausência de dinheiro. Esgotamos todas as possibilidades de angariar dinheiro, para custear as despesas da selecção nacional sénior masculina. Não nos restou outra alternativa senão desistir do Mundial de Pesca Desportiva.

ROGÉRIO MATOS, vice-presidente da Federação Angolana de Pesca Desportiva

Últimas Opinies

  • 07 de Abril, 2021

    Ida ao Mundial marcou o futebol

    Em 2018, a nossa selecção de futebol adaptado trouxe-nos o primeiro troféu de cariz Mundial, ao vencer o campeonato do Mundo.

    Ler mais »

  • 07 de Abril, 2021

    Ganhos que podem ir ao ralo

    A circulação de pessoas e bens, apesar das dificuldades das estradas, faz-se com segurança.

    Ler mais »

  • 05 de Abril, 2021

    Um toque ao desenvolvimento

    O país comemorou ontem mais um ano de paz. Foi a 4 de Abril de 2002 que a Nação angolana presenciou a cerimónia que marcou o fim de um período de guerra que deixou inúmeras cicatrizes.

    Ler mais »

  • 05 de Abril, 2021

    Os ganhos da nossa vaidade

    Ao assinalarmos 19 anos, desde que o país começou a desfrutar do alívio que só a paz proporciona, não há como não reconhecer os ganhos havidos no sector desportivo neste lapso de tempo.

    Ler mais »

  • 05 de Abril, 2021

    Um retrocesso em alguns casos

    O desporto foi o grande embaixador do país, algumas modalidades assumiram-se como verdadeiros porta-estandartes, dado os feitos protagonizados por algumas selecções nacionais.

    Ler mais »

Ver todas »