Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa

Opinio

Cartas dos Leitores

29 de Outubro, 2018
É certo que o ASA tem pendentes administrativos FAF, tal como dívidas para com alguns jogadores que representaram a equipa nas últimas três épocas. Mas nós entregamos na responsabilidade dos nossos advogados. São eles que estão a tratar do assunto, junto das instâncias apropriadas.JOSÉ KILAMBA, chefe de Departamento do Futebol do ASA

“Confio em todos atletas, mas para este jogo preciso colocar onze jogadores em campo e convocar 18. Defendi sempre para que haja um Girabola limpo. Falo muito da verdade desportiva, porque sofri na carne aquilo que o 1º de Agosto sofreu em Tunis. A única coisa que peço é que não aconteça factores externos.
BETO BIANCHI, treinador do Petro de Luanda


Tivemos pouco tempo de preparação, ou seja, os 23 dias foram insuficientes para aquilo que pretendíamos. Deste modo, fizemos um trabalho acelerado de forma a fazermos a máquina funcionar a partir de domingo (ontem) na maior prova do futebol nacional. Perdemos muitos jogadores de referência, sobretudo no meio campo.
HÉLDER TEIXEIRA, técnico do Progresso do Sambizanga


Nós somos bi-campeões africanos e temos a obrigação de defender o título nas duas vertentes. Individualmente, os miúdos estão bem, mas há necessidade de aprimorar o trabalho por equipa, nestas últimas semanas de preparação em Luanda. O torneio de abertura serviu para testar todo trabalho realizado, desde o início da preparação.
MOISÉS CAMOTA, seleccionador nacional de vela da classe Optimist

Últimas Opinies

  • 14 de Dezembro, 2019

    Dcimo lugar reflecte sentido do dever cumprido

    O décimo-quinto lugar conseguido na 24ª edição do Campeonato do Mundo disputado na cidade japonesa de Kumamoto, melhorando o 19º conquistado há dois anos, na Alemanha, constitui uma safra boa.

    Ler mais »

  • 14 de Dezembro, 2019

    Cartas dos Leitores

    Os nossos atletas estão a corresponder com aquilo que nós almejamos, tentar fazer sempre o nosso melhor, no sentido de disputarmos um campeonato tranquilo para que consigamos, também, na parte final do campeonato, termos essa tranquilidade e a permanência assegurada.

    Ler mais »

  • 14 de Dezembro, 2019

    Quem salva o ASA

    Campeão das edições do Campeonato Nacional de Futebol da I Divisão de 2002, 2003 e de 2004, respectivamente, o Atlético Sport Aviação (ASA), um clube cuja existência remonta desde o longínquo 1 de Abril de 1953, corre o risco de extinguir a sua equipa principal.

    Ler mais »

  • 12 de Dezembro, 2019

    Vale a pena continuar a acreditar nos nossos representantes?

    A caminho da terceira jornada, os dois representantes angolanos na fase de grupos de Liga do  Campeões Africanos, continuam a decepcionar. Na primeira jornada, os militares perderam dois preciosos pontos na recepção aos zambianos do Zesco United, enquanto os petrolíferos foram goleados por três bolas a zero em casa do Mamelodi Sundowns da África do Sul.

    Ler mais »

  • 12 de Dezembro, 2019

    Manter a esperana apesar do mau comeo

    Realizadas as duas primeiras jornadas da Liga dos Campeões Africanos, em que estão envolvidas, em representação de Angola, o Clube Desportivo 1º de Agosto e o Atlético Petróleos de Luanda, reservo-me ao direito de expressar o que penso sobre o desempenho das equipas angolanas, que considero ser deficitário não só em termos dos resultados, mas também da qualidade do futebol apresentado.

    Ler mais »

Ver todas »