Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa

Opinio

Cartas dos Leitores

21 de Março, 2019
Procuramos fazer tudo para vencer o jogo, mas não conseguimos, porque o adversário (Recreativo do Libolo) foi competente e inteligente, assim como conseguiu aproveitar as nossas falhas defensivas e, em lances de bolas paradas, marcaram os dois golos.
AGOSTINO TRAMAGAL, treinador principal do Sagrada Esperança

Angola não é do nível da Sérvia e ganhá-la é quase impossível. A selecção europeia faz parte de outro nível. Até o Mundial, resta-nos trabalahar para melhorarmos a classificação. Temos jogadores capazes, tanto internamente com fora do país.
CARLOS MORAIS, extremo-base da equipa de basquetebol do Petro de Luanda


Como professor de natação, isso nos motiva. As mulheres estão a entregar-se para a prática da natação com muita motivação. É com muito orgulho que efectuamos a inscrição de uma senhora de 79 anos de idade. Isso espelha o interesse das pessoas(...).
CLÁUDIO BRANDÃO, professor de natação e monitor do projecto “Mulher a Nadar”


JJá não tenho nada mais a acrescentar à ginástica. Dirigir a federação durante três mandatos foi suficiente para criar as bases. Melhoramos o nível de organização e conquistamos lugares cimeiros em África e no mundo.
AUXÍLIO JACOB, presidente de direcção da Federação Angolana de Ginástica

Últimas Opinies

  • 11 de Novembro, 2019

    O sabor da Dipanda

    O 11 de Novembro é uma data que representa um verdadeiro símbolo da identidade dos angolanos e do país, em si, desde que se libertou das amarras do regime colonial. Portanto, há 44 anos, num dia como hoje, o saudoso Presidente Doutor António Agostinho Neto proclamou perante a África e ao Mundo a Independência Nacional.

    Ler mais »

  • 11 de Novembro, 2019

    Cartas dos Leitores

    Acho que a condecoração vem em boa hora. Devia haver melhor critério, mas não deixo de louvar a atitude do Presidente da República. (...)

    Ler mais »

  • 11 de Novembro, 2019

    Denncias, SIC e PGR

    Certa vez, sem receio de punição, a demonstrar que tinha algum trunfo na manga para provar, o então presidente de direcção do Recreativo do Libolo, Rui Campos, chegou a acusar que os árbitros indicados pelo Conselho Central de Árbitros da Federação Angolana de Futebol manipulavam os jogos e resultados da equipa de Calulu, no sentido de, na altura, impedir a revalidação do título.

    Ler mais »

  • 09 de Novembro, 2019

    Festa da Dipanda e os feitos desportivos

    Angola assinala dentro de sensivelmente dois dias 44 anos desde que se libertou das amarras do regime colonial.

    Ler mais »

  • 09 de Novembro, 2019

    Desporto de unio nos 44 anos da Nao

    Hoje, como não podia deixar de ser, neste espaço escrito “A duas mãos”, acordamos em falarmos da trajectória do nosso desporto, ao longo dos 44 anos de Independência que o País tem.

    Ler mais »

Ver todas »