Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa

Opinio

Cartas dos Leitores

08 de Abril, 2019
Quem semeia espera colher. Estou muito feliz. O principal objectivo foi alcançado. Doravante somos nós a definir os nossos representantes para os Jogos Olímpicos e outras competições internacionais. Vamos efectuar visitas regulares, para constatar o grau execução das obras. Este trabalho vai ser feito com dois ou três meses. As orientações serão acatadas.
LEONEL DA ROCHA PINTO , presidente da CPA


O nosso triunfo é resultado de muito trabalho, entrega e dedicação. Felizmente os atletas acataram o recomendado. Agradeço a Deus por nos ter ajudado mais uma vez. Em todas as competições temos a ambição de vencer. Apesar da vantagem de 13 pontos no jogo da primeira-mão, viemos determinados em ganhar. Queremos chegar à final sem derrotas.
PAULO MACEDO , treinador de basquetebol do 1º de Agosto.


A primeira vez que cheguei ao FC Porto foi difícil, porque deixei uma pequena ilha para vir para o continente. Tive de me adaptar muito depressa, porque foi logo a seguir ao FC Porto ter ganho a Liga dos Campeões. No entanto, identifiquei-me rápido com o clube, as pessoas fizeram-me sentir muito confortável e deram-me as melhores condições possíveis para trabalhar.
PEPE , jogador do FC Porto


O que deve ocupar o meu tempo quando colocar ponto final à careira na Fórmula 1 é algo que ando a debater. Corro desde os oito anos de idade e quando parar a Fórmula 1 vou ressentir-me muito. Mas há outras coisas a fazer. Olhem o que o Fernando Alonso vai fazer na Indycar ou o Kimi Raikkonen a levar os limites ao máximo.
LEWIS HAMILTON , campeão mundial de Fórmula 1

Últimas Opinies

  • 21 de Setembro, 2019

    Craques que buscam afirmao alm-fronteiras

    É por demais sabido, que a história do futebol angolano regista o nome de ex-jogadores, que ajudaram a elevar o nome do país além-fronteiras.

    Ler mais »

  • 21 de Setembro, 2019

    Talentos angolanos ofuscados na dispora (?)

    Hoje, neste espaço assinado “A duas mãos”, concordamos escrever sobre um assunto de suma importância e que merece a nossa atenção, até porque, sem desprimor para outros, as questões sobre os futebolistas angolanos que actuam na diáspora, com particular destaque para os novos talentos que têm, nos últimos tempos, preenchido largos espaços na média desportiva e não só.

    Ler mais »

  • 21 de Setembro, 2019

    Cartas dos Leitores

    Os adversários são bons, os grupos são fortes e têm boas selecções.

    Ler mais »

  • 21 de Setembro, 2019

    Crise petrolfera

    Há maus ventos no Petro Atlético de Luanda

    Ler mais »

  • 19 de Setembro, 2019

    Futebol nacional deve ser revolucionado? (II)

    A semana precedente fechei o texto com o seguinte argumento: “A meu ver, já não se pode gastar dinheiro em vão com o futebol.

    Ler mais »

Ver todas »