Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa

Opinio

Cartas dos Leitores

15 de Junho, 2019
Não tenho como não admitir, que o futebolista que sou hoje, devo ao que aprendi na Escola de Futebol do Zango. Foi uma grande escola, para mim e não consigo ficar muito tempo sem visitar o treinador Armando Faria ´Tio Nandinho´ e os meus antigos colegas.

HERMENEGILDO SENGUE “PICAS”, futebolista formado na Escola do Zango

Acompanho o basquetebol angolano, mesmo a distância, e sinto uma ligeira evolução, também converso com os mais jovens e sobretudo os dirigentes, para melhorar a modalidade e penso que nos próximos dois anos, teremos resultados positivos.

YANICK MOREIRA, basquetebolista que representou Virtus Bologna da Itália

Esperamos, que os amantes da bola ao cesto apareçam em massa, para juntos vermos evoluir na quadra as duas melhores equipa de África.


NELSON SARDINHA, secretário-geral da Federação Angolana de Basqutebol (FAB)

Obviamente, vários factores levaram-me a tomar esta decisão, mas chegou a altura em que percebi que não conseguia ser melhor que o Tony Parker e que não me sentia em condições de lutar por títulos. E, quando assim é, não quero jogar mais basquetebol.

TONY PARKER, jogador que actua na NBA pela equipa dos Charlotte Hornetts

Últimas Opinies

  • 18 de Novembro, 2019

    Palancas: mais "frangos" e "promessas de bacalhau"

    Paulo Gonçalves ainda não limou as arestas que sobressaem entre os vários sectores dos Palancas Negras.

    Ler mais »

  • 18 de Novembro, 2019

    Cartas dos Leitores

    Não podemos agarrar-nos ao que já passou.

    Ler mais »

  • 18 de Novembro, 2019

    Imposio de limites

    Apesar do atletismo ser das modalidades mais representativas do nosso mosaico desportivo não é menos verdade que a sua acção se faz sentir com maior impacto quando se chega a esta fase do ano, em que se coloca em funções a máquina organizadora da tradicional corrida de fim de ano, São Silvestre.

    Ler mais »

  • 16 de Novembro, 2019

    Haja resilincia mas com seriedade

    A campanha dos Palancas Negras rumo ao Campeonato Africano das Nações (CAN) de 2021, que Camarões irá organizar, pode ser de todo ofuscada, se acreditarmos que Angola, o nosso País, tem valor real e imensa qualidade em termos futebolísticos, mas sobretudo não tem o essencial: organização e seriedade.

    Ler mais »

  • 16 de Novembro, 2019

    Palancas devem ser destemidos no Gabo

    No seu retorno a mais uma campanha para atingir a elite do futebol continental, Angola joga amanhã frente à congénere do Gabão em Franceville, uma cartada importantíssima rumo aos Camarões-2021, depois do dissabor que experimentou diante da Gâmbia.

    Ler mais »

Ver todas »