Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa

Opinio

Cartas dos Leitores

14 de Novembro, 2019
A avaliação que faço da nossa participação no Campeonato do Mundo Sub-17 é positiva, porque estivemos bem, apesar de não termos atingido outros níveis, como os quartos-de-final. Tivemos orgulho em representar o país. Fomos responsáveis dentro e fora do campo e também ambiciosos, por isso chegamos aos oitavos-de-final.
GEOVANI, guarda-redes da selecção de futebol de Sub-17
É preciso que a África comece a mostrar-se forte. Hoje temos a sorte de ter jogadores que marcam mais de dez golos numa Liga dos Campeões. Tivemos os três melhores marcadores do campeonato inglês, nomeadamente Sadio Mané, Mohamed Salah e Pièrre Aubameyang.

SAMUEL ETO\'O, ex-craque do futebol camaronês

Temos défice neste tipo de testes antidoping e realizámos menos de 10 por ano. Uma das coisas, que nos impede, está na falta de vontade das federações. São elas que devem solicitar os testes nas competições que realizam. Também, temos dificuldades financeiras, porque ainda não somos uma Agência Nacional.

JOÃO MULIMAE,
director do Instituto Angolano de Medicina Desportiva

Independentemente das peripécias vividas, a Selecção Nacional vai para o Torneio de Maputo para competir. Temos a consciência que vai ser extremamente difícil, porque as outras selecções se prepararam melhor do que nós, por um lado. Por outro, existem automatismos que não estarão naturalmente como desejássemos.

APOLINÁRIO PAQUETE,
seleccionador de basquetebol sénior feminino

Últimas Opinies

  • 07 de Abril, 2021

    Ida ao Mundial marcou o futebol

    Em 2018, a nossa selecção de futebol adaptado trouxe-nos o primeiro troféu de cariz Mundial, ao vencer o campeonato do Mundo.

    Ler mais »

  • 07 de Abril, 2021

    Ganhos que podem ir ao ralo

    A circulação de pessoas e bens, apesar das dificuldades das estradas, faz-se com segurança.

    Ler mais »

  • 05 de Abril, 2021

    Um toque ao desenvolvimento

    O país comemorou ontem mais um ano de paz. Foi a 4 de Abril de 2002 que a Nação angolana presenciou a cerimónia que marcou o fim de um período de guerra que deixou inúmeras cicatrizes.

    Ler mais »

  • 05 de Abril, 2021

    Os ganhos da nossa vaidade

    Ao assinalarmos 19 anos, desde que o país começou a desfrutar do alívio que só a paz proporciona, não há como não reconhecer os ganhos havidos no sector desportivo neste lapso de tempo.

    Ler mais »

  • 05 de Abril, 2021

    Um retrocesso em alguns casos

    O desporto foi o grande embaixador do país, algumas modalidades assumiram-se como verdadeiros porta-estandartes, dado os feitos protagonizados por algumas selecções nacionais.

    Ler mais »

Ver todas »