Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa

Opinio

Citaes

10 de Setembro, 2018
Foi necessário ajustar o nosso modelo de gestão e de liderança, em função das circunstâncias impostas pelo mercado. Pelo terceiro ano consecutivo, colocamos as modalidades nucleares no topo do desporto nacional. O andebol feminino regressou às provas africanas e com vitória. Quer dizer que o modelo funciona.
Tomás Faria , presidente do Petro de Luanda
Devemos nos unir mais e não ficar pelas polémicas, como vimos assistindo nos últimos dias. Nem tudo está mal no basquetebol, pois, mesmo diante das dificuldades financeiras que o país vive, conseguimos competir em todas as provas internacionais, apesar de não atingirmos os objectivos.
Hélder Cruz “Maneda” , presidente da Federação Angolana de Basquetebol
Sabíamos das nossas limitações, e isso, iria cobrar-nos à dada altura do campeonato. Então, foi planificado entrar bem na competição e cumprir com aquilo que era a exigência da direcção: atingirmos os pontos que poderiam nos garantir a permanência o quanto antes.
Mário Soares , treinador do Desportivo da Huíla
Fizemos o possível de chegar à meta. Acredito, que não nos impusemos, tal como aconteceu com outras equipas, porque faltou experiência e no momento certo, a matreirice, até mesmo dos dirigentes e jogadores, sobretudo, nos jogos em casa. Em todo o caso, a avaliação que faço é positiva, da maneira como superamos a etapa da primeira participação.
Domingos António , presidente do Domant FC do Bengo

Últimas Opinies

  • 07 de Abril, 2021

    Ida ao Mundial marcou o futebol

    Em 2018, a nossa selecção de futebol adaptado trouxe-nos o primeiro troféu de cariz Mundial, ao vencer o campeonato do Mundo.

    Ler mais »

  • 07 de Abril, 2021

    Ganhos que podem ir ao ralo

    A circulação de pessoas e bens, apesar das dificuldades das estradas, faz-se com segurança.

    Ler mais »

  • 05 de Abril, 2021

    Um toque ao desenvolvimento

    O país comemorou ontem mais um ano de paz. Foi a 4 de Abril de 2002 que a Nação angolana presenciou a cerimónia que marcou o fim de um período de guerra que deixou inúmeras cicatrizes.

    Ler mais »

  • 05 de Abril, 2021

    Os ganhos da nossa vaidade

    Ao assinalarmos 19 anos, desde que o país começou a desfrutar do alívio que só a paz proporciona, não há como não reconhecer os ganhos havidos no sector desportivo neste lapso de tempo.

    Ler mais »

  • 05 de Abril, 2021

    Um retrocesso em alguns casos

    O desporto foi o grande embaixador do país, algumas modalidades assumiram-se como verdadeiros porta-estandartes, dado os feitos protagonizados por algumas selecções nacionais.

    Ler mais »

Ver todas »