Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa

Opinio

Citaes

23 de Agosto, 2018
Este é um problema que se vive na maioria dos nossos clubes. Quando o dinheiro escasseia, as pessoas desaparecem e os jogadores ficam sem saber com quem contar. Por exemplo, este ano as coisas correram mal para o 1º de Maio, não só porque faltaram salários, mas sim o calor solidário, o carinho e sensibilidade dos dirigentes.Diante da situação que se viveu, sem contar com ninguém, foi um martírio.
MÁRCIO LUVAMBO,capitão da equipa de futebol do 1º de Maio de Benguela

A carreira de um atleta é curta, aconselho os colegas a se dedicarem aos estudos, porque é lamentável o que muitos estão a passar, depois de deixarem os campos não têm uma profissão e não conseguem um emprego digno. Lamento como é que um atleta que jogou em grandes clubes em Angola e no estrangeiro, agora é segurança de uma discoteca.
MANUCHO BARROS,ex-futebolista do Petro de Luanda e do Interclube

Todas as selecções para se apresentarem para um competição no exterior precisam de, aproximadamente, 43 milhões de kwanzas. Este ano já tivemos três selecções que saíram e já gastaram mais de 100 milhões de kwanzas. A federação não tem dinheiro para cobrir as próximas saídas, razão pela qual a selecção sub-18 está a passar por dificuldades.
NELSON SARDINHA, secretário-geral da Federação Angolana de Basquetebol

Acredito que, quando me aposentar, poderíamos organizar uma equipa na MOTOGP com a Yahama, como já foi dito muitas vezes. Eu não quero formar uma equipa enquanto ainda corro e quero permanecer activo pelo maior tempo possível. Mas, honestamente, se eu fosse o director de uma equipa da MOTOGP, gostaria de ter Márquez e Lorenzo no mesmo «box».
VALENTINO ROSSI, piloto mundial de MOTOGP pela Yahama

Últimas Opinies

  • 07 de Abril, 2021

    Ida ao Mundial marcou o futebol

    Em 2018, a nossa selecção de futebol adaptado trouxe-nos o primeiro troféu de cariz Mundial, ao vencer o campeonato do Mundo.

    Ler mais »

  • 07 de Abril, 2021

    Ganhos que podem ir ao ralo

    A circulação de pessoas e bens, apesar das dificuldades das estradas, faz-se com segurança.

    Ler mais »

  • 05 de Abril, 2021

    Um toque ao desenvolvimento

    O país comemorou ontem mais um ano de paz. Foi a 4 de Abril de 2002 que a Nação angolana presenciou a cerimónia que marcou o fim de um período de guerra que deixou inúmeras cicatrizes.

    Ler mais »

  • 05 de Abril, 2021

    Os ganhos da nossa vaidade

    Ao assinalarmos 19 anos, desde que o país começou a desfrutar do alívio que só a paz proporciona, não há como não reconhecer os ganhos havidos no sector desportivo neste lapso de tempo.

    Ler mais »

  • 05 de Abril, 2021

    Um retrocesso em alguns casos

    O desporto foi o grande embaixador do país, algumas modalidades assumiram-se como verdadeiros porta-estandartes, dado os feitos protagonizados por algumas selecções nacionais.

    Ler mais »

Ver todas »