Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa

Opinio

Citaes

13 de Janeiro, 2018
Abordamos um ponto, que são os prémios a atribuir aos atletas que participem nas competições africanas, campeonatos do Mundo, Jogos Olímpicos e Paralímpicos. Têm de ser pagos, porque são prémios por direito, de acordo com a lei. É imperioso, que tanto no programa como no final de cada actividade, as Federações apresentem relatórios de contas para o Executivo fiscalizar o que são as alocações atribuídas.
Carlos Almeida , secretário de Estado dos Desportos

Estamos a aguardar, em princípio, não há nada que perigue a manutenção da corrida no ranking dessas instituições. Estamos à vontade. Sabemos que o agrimensor esteve cá na corrida, validou todos os princípios que regem as corridas do género, aprovou-o e até elogiou os aspectos como a partida bem organizada.
Bernardo João , presidente da Federação Angolana de Atletismo

Há falta de organização, de boa gestão e de controlo. Tem de haver rigor e exigir às pessoas que façam um esforço para concretizar o objectivo. Foi uma orientação específica, espero que se materialize.
Leonel da Rocha Pinto , presidente do Comité Paralímpico Angolano

Na maioria dos países, o boxe faz parte do desporto escolar, menos em Angola. Os clubes que têm fatia no Orçamento Geral do Estado, devem apostar nas modalidades olímpicas. Refiro-me ao 1º de Agosto, Interclube e Petro de Luanda.
Carlos Luís , presidente da Federação Angolana de Boxe

Últimas Opinies

  • 21 de Julho, 2018

    O clssico das emoes

    A vantagem à condição, que o Petro de Luanda ostenta na tábua de classificação do Girabola Zap 2018, aliado ao facto de o seu mais directo rival, o 1º de Agosto ter um jogo em atraso da jornada passada, devido a sua envolvência nas Afrotaças, podem ser aditivos de vantagem, para que os petrolíferos entrem em campo com furos acima, no que a motivação e galvanização dizem respeito.

    Ler mais »

  • 21 de Julho, 2018

    Citaes

    Peço aos políticos e a todos os representantes das autoridades que levaram o nosso povo ao inferno da miséria, ao desespero e à pobreza, que se afastem da equipa de futebol da Croácia. Não são bem-vindos ao nosso balneário.

    Ler mais »

  • 21 de Julho, 2018

    Olhos no clssico

    Depois da disputa da 21ª edição do Mundial de Futebol, que a Rússia acolheu e cujas atenções dos amantes do desporto-rei no país, obviamente, estiveram direccionadas no período de 14 de Junho até domingo último, agora os olhos destes viram-se para o Girabola-Zap, o Campeonato Nacional da I Divisão. É a febre pelo nosso futebol.

    Ler mais »

  • 19 de Julho, 2018

    Nova poca

    Não me parece responsável aquele que possa impedir algo, mas deixe suceder

    Ler mais »

  • 19 de Julho, 2018

    Rssia superou todas expectativas

    O povo russo e os seus dirigentes, em particular, terão dado uma excelente reposta a todos quanto duvidaram de que teria competência para chamar a si as responsabilidades na organização do Mundial de 2018.

    Ler mais »

Ver todas »