Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa

Opinião

Como será o profissional de marketing desportivo do futuro?

14 de Maio, 2018
No passado dia 8 de Maio, comemorou-se um pouco por todo o mundo, o dia Internacional do profissional de marketing.
Em alusão à data, o \"suspeito de costume\", recebi um convite \"sui generis\" para participar numa mesa redonda, em jeito de brainstorming em videoconferência, diga-se em abono da verdade, uma modesta, simples, mas significativa actividade que deixou no final uma sensação de nostalgia, que não me lembro algo semelhante desde que me conheço e reconheço-me profissional de marketing.
Mas, porque razão?
Porque naquele exacto momento, comecei a pensar seriamente no meu futuro e na minha vida como profissional de marketing!
E, já que estou com a \"mão na massa\", a falar sobre futuro, gostava de partilhar uma profunda reflexão junto dos leitores deste espaço, a célebre frase usada pelo actor e realizador de cinema Woody Allen, que de forma sucinta, disse: \"Eu estou interessado no futuro, porque é o sítio onde vou passar o resto da minha vida\".
Ninguém, tem uma bola mágica para adivinhar como vai ser o futuro de um profissional de marketing, mas com certeza que podemos contar – o futuro profissional de marketing vai ter de estar mais do que nunca, preparado para uma constante evolução e mudança.
O futuro profissional de marketing deve ter três características principais: a mente de engenheiro ou de matemático, a sensibilidade de artista e a narrativa de jornalista ou de escritor.
No curto e longo prazo, o profissional de marketing deve ser capaz de tomar decisões, com base em dados que se recolham em tempo real.
O departamento de marketing, tradicional, como tal, não existe mais. Evoluiu para um laboratório de investigação genuína, em que as hipóteses são levantadas e as validações são baseadas em metodologia científica e quantificada.
Por outro lado, deve destacar-se a sensibilidade de um artista. Nesse sentido, podem intuir-se os produtos e as mensagens mais interessantes para o público -alvo a que se destina. A criação de um serviço/produto que é notável pela sua autenticidade e desejo em adquiri-lo.
A exclusividade, o design, o valor – todas as grandes marcas distinguem-se, por ter ou oferecer algo único.
Finalmente, o\" marketeer\" do futuro deve também despertar o interesse do seu público -alvo, para a sua impressionante capacidade de contar histórias relacionadas com a sua marca.
Assim, deve rodear-se de uma equipa com grande capacidade de comunicação, que pode gerar envolvimento com o público.
O actual profissional de marketing já é digital, está em permanente conexão, a viver e a pensar em rede, em multicanal, a pensar num mercado global.
No futuro, o mesmo profissional de marketing pode ser um profissional com capacidade de adaptar-se às mudanças marcadas por um tempo cada vez mais curto.
Será obrigatório ter um talento natural para a transformação, para a criação de novos cenários, numa constante evolução e reciclagem de conhecimentos.
O futuro profissional de marketing passa a ter mais informação do que nunca, mas deve de tomar decisões mais rápidas e com mais precisão.
Estou interessado no futuro do marketing, porque é o lugar onde vou para passar o resto da minha vida profissional.
Por isso, fica lançado o desafio, em jeito de convite: Vê-mo - nos no futuro.
ZONGO FERNANDO DOS SABNTOS



*Mentor e Gestor Executivo
do Fórum Marketing Desportivo

Últimas Opiniões

  • 21 de Maio, 2018

    Nova casa e homenagem

    No dia em que o país assinalou o 44º aniversário do andebol nacional, que ontem se comemorou, a Federação Angolana de Andebol (FAAND) ganhou nova sede que faz jus ao seu percurso vitorioso, como uma das modalidades que mais elevaram o nome de Angola a nível do desporto, além fronteiras.

    Ler mais »

  • 21 de Maio, 2018

    Red Bull é cada vez menos uma empresa de bebidas

    Hoje, neste espaço, vou abordar um dos muitos assuntos que me encantam no marketing desportivo, do qual podia ser capaz de falar durante 24 horas ou mais, que é nada mais, nada menos.

    Ler mais »

  • 21 de Maio, 2018

    Actos de vandalismo nas barbas da Polícia

    Depois da tragédia ocorrida no ano passado, no Estádio 4 de Janeiro no Uige, obviamente,  anotei que como é "habitual" no futebol, não foi o primeiro facto que abalou o futebol nacional e nem é o último a acinzentar os nossos recintos, onde se joga o bonito e apaixonante "desporto-rei" - o futebol que às vezes une e, em outras, desune...as pessoas.

    Ler mais »

  • 19 de Maio, 2018

    Citações

    Tomei conhecimento da sanção, através do comunicado que nos chegou da FAF, a anunciar a retirada de seis pontos. O Kabuscorp é um clube sério, cumpre com o que promete. Não se mete em dívidas desnecessárias

    Ler mais »

  • 19 de Maio, 2018

    Colossos embalam no topo da tabela

    À passagem da 15ª e última jornada do primeiro turno do Campeonato de Futebol da I Divisão, que ficou amputada pela não realização do jogo Cuando Cubango FC – 1º de Agosto, devido o engajamento dos militares nas Afrotaças, a disputa da prova torna-se animada. Isto sobretudo no topo da tabela de classificação, onde o Interclube mantém-se de “pedra e cal” na liderança com 26 pontos, ainda que à condição.

    Ler mais »

Ver todas »