Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa

Opinio

"E l se foi mais um nmero 10"

09 de Julho, 2016
O período de pausa que o Girabola ZAP observou, um mês, o Europeu de futebol (a sua final acontece amanhã) foi uma boa opção para os amantes do desporto rei, que como disse alguém, “enche corações e inflama paixões”.

Dentre as razões que nos motivam a prestar um olhar atento à competição do velho continente, a presença de Portugal tem o toque de interesse, entre nós, por razões de finalidade histórica e não só.

Apesar do futebol que os “Tugas” (não) estão apresentar, nesta altura, mais interessa a presença na final. Pela sua prestação, num exercício de analogia do filho que sai ao pai, entre nós correm epítetos, que apresentam a selecção de Portugal como os “Palancas Brancas”, num arrojo jocoso, em comparação com o estado actual da selecção angolana, caracterizada por sucessivos fracassos em termos de resultado e exibição.

Bom grado para os Tugas, que as más exibições estejam a ser subalternizadas pela conquista dos objectivos, do ponto de vista de resultados, que a levaram à final.

Claro está, que a brincadeira não passa disso mesmo, porquanto a Selecção das Quinas tem jogadores de qualidade, acima da média e alguns deles, a actuarem nos melhores campeonatos do mundo.

De forma particular, referimo-nos ao João Mário, jogador do Sporting Clube de Portugal, na mesma senda, Luka Modric e Tomás Rosicky, das selecções da Croácia e República Checa, respectivamente, jogadores que tratam a bola com elevada intimidade.Aliás, é sempre um regalo aos olhos de quem vê, apreciar os referidos “camisolas 10” das suas selecções, feitos maestros da orquestra de 11 artífices, que correm atrás de uma bola no sentido de introduzi-la na baliza e levar os assistentes ao delírio, a celebrar o golo.Infelizmente, ao serviço da selecção do seu país, não veremos mais a mestria de Tomás Rosicky, que aos 35 anos de idade, anunciou o último Euro da sua carreira. Conforta-nos, a continuidade de Lucas Modric, de quem ainda resta idade e qualidade suficientes, para suportar o meio campo da Selecção da Croácia e do seu clube,






Últimas Opinies

  • 19 de Agosto, 2019

    Como causar impacto atravs do marketing?

    De facto, para que se crie um impacto forte e eficaz através do marketing desportivo, é indispensável que os clubes e federações deem atenção ao formato comunicativo a ser utilizado.

    Ler mais »

  • 19 de Agosto, 2019

    Petro escorregou Vasiljevic j era

    O grande Petro já  atemoriza os seus adeptos em poder continuar a fazer travessia no deserto neste seu “hibernar” sem título desde 2009: empatou mesmo depois de o presidente.

    Ler mais »

  • 19 de Agosto, 2019

    Cartas dos Leitores

    Penso, que não há  muitas alterações  em relação aos candidatos, o 1º de Agosto procura o Penta e o Petro luta para quebrar o jejum de 10 anos, sem conquistar o campeonato.

    Ler mais »

  • 19 de Agosto, 2019

    Girabola de todos

    Soltaram-se assobios, no último fim-de-semana. Voltou aos palcos nacionais, o futebol de primeira grandeza. Ou seja, o campeonato nacional da primeira divisão, o nosso Girabola.

    Ler mais »

  • 19 de Agosto, 2019

    O segundo pecado da FAF

    A direcção de Artur Almeida e Silva acaba de cometer o segundo pecado, na gestão dos destinos da Federação Angolana de Futebol(FAF). O primeiro, assenta na desorganização que já a caracteriza.

    Ler mais »

Ver todas »