Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa

Opinio

Fora campeo...

28 de Setembro, 2019
O 1º de Agosto pode confirmar, amanhã ,a passagem à fase de grupos da Ligas dos Campeões. Em bom rigor, pode dizer-se que o campeão nacional está a escassos 90 minutos de atingir o objectivo. Para tanto, precisa de superar o Green Eagles da Zâmbia, por um resultado mínimo, depois da vantagem que trás do jogo da primeira -mão.
Depois da vitória (2-1) tem um pouco de terreno a desbravar. De resto, basta vencer por 1-0, para escancarar as portas da fase de grupos e aguardar os adversários que lhe serão definidos, por capricho do sorteio, e traçar as estratégias para uma campanha que seja bem sucedida, à exemplo da edição passada. A equipa tem noção do que precisa fazer, para que tudo corra à contento.
Aliás, à despeito do que nos foi dado ver, na partida anterior, em que a hegemonia do combinado angolano foi evidente, pensamos não haver motivos para o 1º de Agosto entrar em alarmismos. É certo, que no futebol, hoje por hoje, não se acham adversários vulneráveis, mas uma equipa suplantada no próprio reduto, à partida, tem poucas probabilidades de uma reacção positiva em terreno alheio.
E mais: para o campeão angolano as vitórias constituem sempre um tónico para outras empreitadas, é verdade que a equipa deve estar super motivada para encarar o jogo de amanhã. O pensamento colectivo não é outro, senão, procurar agradar à massa de adeptos, o que passa, necessariamente, pela qualificação aos grupos.
Embora, com os jogos do Girabola de permeio, pensamos que o trabalho desenvolvido nos últimos dias, visou, fundamentalmente, a definição de estratégias para o jogo com o Green Eagles, pela importância de que o mesmo se reveste. Não é que a prova doméstica fosse posta em segundo plano, porém, estar na fase de grupos da maior prova africana de clubes, assume um significado especial.
Favoritismo à parte, há sempre que observar algumas cautelas, no decorrer dos 90 minutos, pois, nenhum adversário dá-se por vencido à partida. Remar sempre contra a maré, por que vezes há, em que demos sempre dar à volta por cima. E, não será coisa de outro mundo, se o campeão zambiano desembarcar em Luanda com um optimismo e um discurso vitorioso.
Esperemos que tudo corra à contento para o campeão nacional e que futebol angolano volte a fazer história, uma vez que a meta é sempre melhorar a adição por cada edição. Claro está, desde que não surjam pelo caminho outros violadores do \"fair play\", como o Esperance de Tunis, que na edição passada impediu que o 1º de Agosto fosse mais além.

Últimas Opinies

  • 19 de Março, 2020

    Escaldante Girabola

    O campeonato nacional de futebol da primeira divisão vai dobrando os últimos contornos. A presente edição, amputada face a desqualificação do 1º de Maio de Benguela, abeira-se do seu fim . Entretanto, do ponto de vista classificativo as coisas estão longe de se definirem. No topo, o 1º de Agosto e o Petro travam uma luta sem quartel pelo título.

    Ler mais »

  • 17 de Março, 2020

    Cartas dos leitores

    Estamos melhor do que nunca. A pressão é para as pessoas que não têm arroz e feijão para comer. Estamos sem pressão, temos todos bons salários e boas condições de trabalho. Estamos numa situação de privilégio e até ao último jogo tivemos apenas duas derrotas.

    Ler mais »

  • 17 de Março, 2020

    Jogos Olmpicos2020

    A suspensão de diferentes competições desportivas a nível mundial em função do coronavírus, já declarada pela OMS-Organização Mundial da Saúde como Pandemia, remete-nos, mais uma vez, a reflectir sobre a realização dos Jogos Olímpicos de Tóquio. Pelo menos até aqui, o COI-Comité Olímpico Internacional mantém de pé a ideia de realizar o evento nos prazos previstos.

    Ler mais »

  • 14 de Março, 2020

    FAF aquece com eleies

    Cá entre nós, o fim do ciclo olímpico, tal com é consabido, obriga, por imperativos legais, por parte das Associações Desportivas, de um modo geral e global, a realização de pleitos eleitorais para a renovação de mandatos.

    Ler mais »

  • 14 de Março, 2020

    Cartas dos Leitores

    Acho que o Estado deve velar por essas infra-estruturas.

    Ler mais »

Ver todas »