Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa

Opinio

Gelson e Ary no Sporting de Portugal

08 de Dezembro, 2016
Depois de ajudarem o seu clube na conquista do décimo título do seu historial, Gelson e Ary Papel rumaram para a Europa, mais precisamente para as terras de Camões onde vão representar o Sporting Clube de Portugal. A transferência é um prémio merecido, para os jovens jogadores formados nas escolas do clube militar, desde os iniciados. Além disso, os Palancas Negras também ganham com a transferência.

O que podemos esperar dos nossos jogadores no prestigiado clube português que tem tradição na formação de talentos, como são os casos de estrelas como Luís Figo, Cristiano Ronaldo, Quaresma e outros? Dado o potencial dos referidos jogadores, podemos dizer que ambos têm fortes possibilidades de se imporem no clube leonino. Entretanto, a pretensão não será nada fácil.

O histórico de jogadores angolanos que se impuseram no futebol português depois da independência de Angola, não é muito famoso. Pelo futebol português já passaram jogadores como, Vata, Abel Campos, Akwá e Pedro Mantorras, que representaram o Benfica de Lisboa, no período acima referenciado.

Dos quatro atletas, apenas Pedro Mantorras conseguiu marcar os portugueses pelo seu heroísmo, pois mesmo a jogar diminuído fisicamente, foi decisivo para a conquista de um campeonato pelos benfiquistas, numa das suas piores fases de sempre. Os demais jogadores tiveram uma prestação não muito famosa, tendo inclusive sido dispensados para clubes de inferior categoria, como aconteceu com Akwá.

Jesus (no Varzim), Jony (Salgueiros), Quinzinho (Porto), Luisinho( Setúbal) também experimentaram o futebol português com uma prestação razoável.
Alguns cépticos acreditam que existe uma espécie de máfia a impedir o progresso de jogadores angolanos no futebol português, especialmente, a partir do que aconteceu com Pedro Mantorras. Quando se podia evitar a gravidade da lesão, os homens complicaram ainda mais a vida ao rapaz.

Entretanto, antes da independência do nosso país, vários jogadores angolanos conseguiram impor-se no futebol português como foram os casos de Dinis ( O Brinca na areia), Rui Jordão, Yaúca, Jacinto João, Baptista, Valongo, Zé Águas e outros. Em função dos pressupostos acima referenciados, podemos acreditar que Gelson e Ary Papel singrem no futebol português, porque o mais importante é trabalhar sério.

O facto de serem escolhidos pelo treinador principal da equipa de Alvalade é sinal de que os rapazes têm valor. Aliás, eles têm consciência de que só com muito trabalho e disciplina vale à pena terem sido transferidos para o futebol europeu. Por outro lado, gostavamos de ver os nossos jogadores evoluírem nos campeonatos mais fortes da Europa, como na Alemanha, Espanha, Franca e Inglaterra.

Não nos podemos contentar com o futebol português, que é inferior aos quatro campeonatos citados. Por isso, temos de produzir nas nossas escolas jogadores técnica e fisicamente dotados, para se imporem em campeonatos de grande envergadura. Só com um investimento forte nesta direcção, pode ser possível discutirmos o título continental ao lado de selecções como o Ghana, Camarões, Nigéria, Costa do Marfim e outras grandes de África.

Portanto, esperamos que os nossos dois rapazes não nos decepcionem, e que não haja factores anormais que os impeça de atingirem o seu grande objectivo, que é o de singrarem no futebol português.
Augusto Fernandes

Últimas Opinies

  • 24 de Agosto, 2019

    O amiguismo na resciso

    O assunto de momento no nosso futebol, convenhamos, é sem dúvidas o desenlace entre a Federação Angolana de Futebol (FAF) e o técnico Srdjan Vasiljevic, em face de algumas situações que vinham acontecendo e que originou que se estalasse o verniz.

    Ler mais »

  • 24 de Agosto, 2019

    Cartas dos Leitores

    Os jogadores aguardaram isso dos dirigentes, para que a motivação crescesse

    Ler mais »

  • 24 de Agosto, 2019

    O sonho dos grupos

    Após as vitórias extramuros nas deslocações à Tanzânia e ao Lesotho, o 1º de Agosto e Petro têm, neste fim-de-semana, a oportunidade soberana de confirmarem a qualificação para última eliminatória de acesso a fase de grupos da Liga dos Campeões Africanos.

    Ler mais »

  • 22 de Agosto, 2019

    Cartas dos Leitores

    Viemos a público para responder ou esclarecer o que aconteceu.

    Ler mais »

  • 22 de Agosto, 2019

    O divrcio anunciado

    Não faz ainda muito tempo do anúncio do divórcio, entre o órgão reitor do futebol nacional e o então seleccionador nacional de honras, o sérvio Srdjan Vasiljevic, que ontem deixou o país.

    Ler mais »

Ver todas »