Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa

Opinio

Girabola e eleies so assuntos do dia

30 de Novembro, 2016
Está já marcado para amanhã o sorteio do Girabola de 2017. Espero que a Federação Angolana de Futebol e os clubes façam tudo para garantirem uma prova em que valha mais o espectáculo, a competitividade, as vitórias, os empates ou as derrotas em jogo jogado, sem contestações. Como , com quem ae quando brem a prova, reforços, capacidade financeira é tudo da conta das próprias equipas depois do soretio.

Para isso, a Federação e os clubes têm também de trabalhar de forma aturada para haver regulamentos que disciplinem a Federação e as equipas, os treinadores, os jogadores e árbitros, na perspectiva de evitar que as mesmas debilidades de gestão do Girabola voltem sempre a acontecer.

Depois do sorteio de amanhã, oxalá em relação aos árbitros do Girabola e as suspeitas de factos que lhes são atribuído o Conselho Central de Árbitros e os próprios clubes da primeira divisão deixem mesmo, em 2017, de ter participação directa na recepção de equipas de arbitragem no aeroporto, nem garantir alojamento e pagamento de prémios.

Quanto às eleições deixem-me antes recordar que no dia 16 de Junho de 2011, o país ficou a conhecer Pedro Neto como o quinto presidente da Federação Angolana de Futebol (FAF),isto é, depois de Luís Gomes, José Fernandes, Armando Machado e Justino Fernandes. Este último saiu por força das eleições antecipadas convocadas pelas Associações provinciais.

Pedro Neto na altura venceu o pleito de forma extraordinária e ficou no cargo até ao ano de 2012 e acabou por ser reeleito para o mandato que ainda exerce - e que está a ser contestado por Artur Almeida, José Luís Prata e Osvaldo Saturnino de Oliveira \"Jesus\".

Na verdade o sorteio do Girabola de 2017 realiza-se amanhã, mas notícias que mais andam a rodos são as ligadas às eleições porque toda a malta anda atenta para ouvir, avaliar e fazer futurologia com o que cada um dos três candidatos prometem e se na sequência,vão cumprir ou não.

Está difícil vaticinar qual dos três lava a água ao seu moinho, ou seja, quem está mais próximo de vencer as eleições. Da última vez, Pedro Neto não teve concorrência assustadora e suplantou Artur Almeida , como se diz, \"com uma pinta\".

No Bengo, Pedro Neto teve 2 votos, Artur Almeida,1; em Benguela ( Pedro Neto, 5, Artur Almeida, 1), Bié ( Pedro Neto, 1, Artur Almeida, 1), Cabinda (Pedro Neto, 10, Artur Almeida, 4),Cunene (Pedro Neto, 4, Artur Almeida, 1), Huambo ( Pedro Neto, 3, Artur Almeida, 3) , Huíla (Pedro Neto, 3, Artur Almeida, 0).

No Kuando Kubango, (Pedro Neto, 0, Artur Almeida, 1), Cuanza -Norte (Pedro Neto, 2, Artur Almeida, 0), Cuanza -Sul (Pedro Neto, 2, Artur Almeida, 0), Luanda (Pedro Neto, 14, Artur Almeida, 6), Lunda -Norte (Pedro Neto, 1, Artur Almeida, 1) , Lunda -Sul (Pedro Neto, 1, Artur Almeida, 1 ).
Em Malanje, (Pedro Neto, 4, Artur Almeida, 1) , no Moxico (Pedro Neto, 2, Artur Almeida, 0), Namibe (Pedro Neto, 1, Artur Almeida, 1), no Uige, (Pedro Neto, 1, Artur Almeida, 1), no Zaire (Pedro Neto, 2, Artur Almeida, 0).

Agora estamos a aproximarmo-nos de 17 de Dezembro. De entre os três concorrentes quem dominará nas urnas, com o apoio de todas estas províncias? Alguém vencerá folgado, como Pedro Neto?

Artur, Prata e Jesus qual deles poderá levara a melhor nas urnas por uma “maioria” absoluta e, desta forma cantar vitória? A 17 de Dezembro sairá a resposta.
António Félix

Últimas Opinies

  • 23 de Março, 2019

    Agora que venha o CAN do Egipto!

    Que venha agora o CAN do Egipto! Sim, que  venha o Campeonato Africano das Nações porque a fase de qualificação ficou já para atrás. 

    Ler mais »

  • 23 de Março, 2019

    Cartas dos Leitores

    Estou aqui para trabalhar. É uma realidade nova para mim. Nunca estive em África.

    Ler mais »

  • 23 de Março, 2019

    Angola est no Egipto

    O país acordou, hoje, na ressaca da explosão festiva resultante da qualificação da selecção nacional de futebol, ao Campeonato Africano das Nações, a disputar-se em Junho e Julho, no Egipto.

    Ler mais »

  • 21 de Março, 2019

    Amanh um "tudo ou nada

    Amanhã é uma espécie de Dia D, para nós, e tal fica a dever-se aos ‘’Palancas Negras’’

    Ler mais »

  • 21 de Março, 2019

    Um regresso depois de quase dez anos

    Volvidos quase dez anos, volto a assumir uma missão como enviado especial do Jornal dos Desportos, título para o qual escrevo desde o ano de 1997, e que nesse momento assumo o cargo de editor, depois de já ter sido sub-editor e correspondente provincial.

    Ler mais »

Ver todas »