Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa

Opinio

Jogos da deciso

27 de Agosto, 2018
Nesta terça-feira, amanhã dia 28, o 1º de Agosto vai dar início à uma sequência pesada e importante de jogos. São duas partidas, no curto período de seis dias. Todas as semanas são importantes, para não dizer decisivas. Mas poucas devem ser importantes como a que começa amanhã e termina no domingo.
Nos próximos seis dias, os militares têm dois jogos que vão decidir o seu destino nas duas competições em que estão engajados. Dois jogos que vão definir as contas do título do Girabola e encaminhar a entrada ou não nos quartos de final da Liga dos Campeões Africanos.
A maratona é forte, não há dúvidas, mas o grupo de trabalho está focado na preparação. O técnico Zoran Maki testa de um tempo à esta parte, as devidas variações tácticas e de jogadores, para melhor se adaptarem à sequência de jogos.
A difícil empreitada inicia amanhã, quando o 1º de Agosto defrontar às 14 horas, no Estádio 11 de Novembro, o Mbabane Swallows da eSwatini (ex -Swazilândia), para a derradeira jornada da fase de grupos da Liga dos Campeões Africanos.
Depois do empate a um golo, na penúltima jornada do seu grupo (D), na Tunísia, diante do ´Étoile du Sahel, aos militares resta vencer o Mbabane, para garantirem o passe para os quartos de final da prova de élite da CAF a nível de clubes.
Pessoalmente, acho que o 1º de Agosto deve focar-se na vitória e não nas outras possibilidades de se apurar. Isto é, não pensar no que vai acontecer no outro jogo do grupo e que vai opor o Zesco United da Zâmbia ao Étoile do Sahel, equipa que há muito, assegurou a sua presença nos “quartos”.
Não falta muito, para chegarmos ao dia do primeiro jogo da difícil empreitada. É já amanhã terça-feira, no Estádio 11 de Novembro. Estou convencido, que a equipa técnica dos militares pensa neste ciclo difícil, mas num jogo de cada vez. Primeiro, no jogo de amanhã e posteriormente, no embate de domingo, diante do Cuando Cubango FC, cujo objectivo é a conquista do \"Tri\".
Como referi, a vitória é o único resultado que interessa amanhã ao 1º de Agosto, no jogo com o Mbabane. Também, porque uma vitória pode ter reflexos na confiança com que a equipa vai atacar o outro jogo decisivo, com o Cuando Cubango FC, para a derradeira jornada do Girabola, em que está em jogo a conquista do Girabola.
Esperemos, amanhã, por uma partida muito equilibrada com o Mbabane. É um embate decisivo, é um jogo que vale a presença dos militares nos quartos de final da Liga dos Campeões.
O 1º de Agosto precisa de garantir a presença na fase seguinte da competição continental, não apenas pelo encaixe financeiro que advenha, mas pelo prestígio do futebol nacional que via crescer o número de equipas nas competições continentais.
Vencer o Mababane era a melhor forma de encarar e preparar o jogo com o Cuando Cubango FC, para manter os níveis de confiança, suficientemente altos, para concretizar outro dos objectivos traçados para esta época. Uma semana que vai decidir uma boa parte do que será o resto da temporada do conjunto militar.
Com dois jogos decisivos no espaço, de aproximadamente seis dias, o tempo é escasso para os lados do rio seco. O mais importante, neste momento, é minimizar os erros, pois isso, faz a diferença.Como o grupo já provou que tem talento, sobretudo, ambição e espírito de grupo, virtudes que quase sempre acompanham os campeões, estou convicto que o \"PRI\" vai superar todos os contratempos e alcançar os objectivos.
Policarpo da Rosa

Últimas Opinies

  • 15 de Julho, 2019

    O real papel do gestor desportivo

    As funções de um gestor desportivo não são mais do que as funções de um gestor de empresas, adaptadas e ajustadas às particularidades de um clube ou federação desportiva.

    Ler mais »

  • 15 de Julho, 2019

    Quem explica o desporto angolano?

    O nosso desporto merece um estudo profundo, para se encontrar explicações que justifiquem os resultados que vai tendo.

    Ler mais »

  • 15 de Julho, 2019

    Cartas dos Leitores

    No nosso grupo (A),  somos a única selecção (Angola) que tem a sua primeira participação  a este nível. Canadá vai para a sua sétima, Nova Zelândia.

    Ler mais »

  • 15 de Julho, 2019

    Objectivo falhado

    Angola não conseguiu alcançar o objectivo preconizado no Mundial de Hóquei em Patins, que se disputou em Barcelona, Espanha, acabando por se quedar na sexta posição.

    Ler mais »

  • 13 de Julho, 2019

    Cartas dos Leitores

    Vamos entrar para o campeonato em cada jogo para ganhar, nós queremos começar bem, com o pé direito. Como sabem, já temos o calendário.

    Ler mais »

Ver todas »