Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa

Opinio
por Sank Santos

O caso de Ladji Keita

03 de Janeiro, 2015
Como é do conhecimento público, o referido atleta desapareceu misteriosamente do clube, abandonou na véspera da final da Taça de Angola com o Benfica de Luanda.

Os encarnados, comandados por Zeca Amaral venceram por uma bola a zero, com golo rubricado por Braga e ergueram a taça. Ladji Keita fez o seu último jogo, referente ao Girabola, frente ao 1º de Agosto, em que os militares venceram por duas bolas a uma, com golos de Gelson e Mateus Galiano e do referido jogador pelos petrolíferos.

Ladji Keita está vinculado ao Petro de Luanda até 2016, de acordo com uma fonte do clube. Com essa atitude, o jogador incorre num incumprimento contratual. Isto ocorre quando alguém contratado não realiza a prestação de serviço à que está vinculado. E como é óbvio, as autoridades desportivas dominam a situação.

Neste caso, a relação jurídico-laboral do jogador com o clube tem um cumprimento defeituoso, imperfeito, que ocorreu aquando da violação de um dever, abandonou o clube sem consentimento.

Ainda no mesmo diapasão, o jogador não cumpriu com a obrigação e por isso, é responsável pelos danos e prejuízos causados à entidade empregadora, no caso o seu clube.

O contrato rubricado não é do nosso domínio, desconhecemos as cláusulas, mas estamos convictos de que com este imbróglio criado pelo atleta, até prova em contrário, no futuro, o Petro Atlético de Luanda em particular e os clubes em geral, devem ter muito cuidado e introduzir cláusulas que estipulem um regime de responsabilidade, pelo incumprimento das partes, em que fixam um acordo prévio, quer os pressupostos da responsabilidade, quer o montante da indemnização exigível para reparar o dano causado.
Assume neste caso particular relevo a chamada Cláusula Penal

Últimas Opinies

  • 23 de Março, 2019

    Agora que venha o CAN do Egipto!

    Que venha agora o CAN do Egipto! Sim, que  venha o Campeonato Africano das Nações porque a fase de qualificação ficou já para atrás. 

    Ler mais »

  • 23 de Março, 2019

    Cartas dos Leitores

    Estou aqui para trabalhar. É uma realidade nova para mim. Nunca estive em África.

    Ler mais »

  • 23 de Março, 2019

    Angola est no Egipto

    O país acordou, hoje, na ressaca da explosão festiva resultante da qualificação da selecção nacional de futebol, ao Campeonato Africano das Nações, a disputar-se em Junho e Julho, no Egipto.

    Ler mais »

  • 21 de Março, 2019

    Amanh um "tudo ou nada

    Amanhã é uma espécie de Dia D, para nós, e tal fica a dever-se aos ‘’Palancas Negras’’

    Ler mais »

  • 21 de Março, 2019

    Um regresso depois de quase dez anos

    Volvidos quase dez anos, volto a assumir uma missão como enviado especial do Jornal dos Desportos, título para o qual escrevo desde o ano de 1997, e que nesse momento assumo o cargo de editor, depois de já ter sido sub-editor e correspondente provincial.

    Ler mais »

Ver todas »