Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa

Opinio

Petrolferos e militares em dia dos namorados

12 de Fevereiro, 2018
Há quem diga com boas razões que vamos ter nesta semana uma quarta-feira de motivos mil, para festejarmos ou mesmo nos recolhermos na tristeza: é o dia dos namorados, é o dia das mabangas\" (ressaca do carnaval) e ainda - vejam isto, meus senhores - dia de grandes jogos da mundialmente famosa Liga Europeia dos Clubes Campeões.
Mas não vim hoje para falar dos vários tipos de \"namoros\" a que se assiste, desde que o Petro passou a ser Petro ou desde que o 1º de Agosto passou ser 1º de Agosto; de jogador craque petrolífero serem assediado pelos militares ou de técnicos militares \"conquistados\" pelos petrolíferos. Nada disto.
Nem sequer é para falar nesta época, do \"trumuno\" 1º de Agosto -Petro ou Petro -1º de Agosto. Estes são jogos que dão sempre que falar, mas ainda faltam jornadas.
O assunto é que a 40ª edição do nosso campeonato nacional de futebol da primeira divisão, vulgo Girabola, agora ZAP, já está em curso e o campeonato vai ser alvo de acompanhamento rigoroso, não só da parte da imprensa como dos adeptos.
O Petro de Luanda e o 1º de Agosto, devido aos seus envolvimentos nas Afrotaças, apenas entram em campo, para o campeonato, na quarta-feira. O Petro de Luanda recebe o Evale do Cunene e o 1º de Agosto o Progresso do Sambizanga.
O Petro de Luanda e o 1º de Agosto estão condenados a andar de \"mãos dadas\", no que respeita ao título, obviamente, sob espreitas de outras equipas que assediaram e namoraram jogadores para tirar-lhes fora do caminho, no sonho de campeão.
Este ano não houve grandes namoros, no sentido do Petro de Luanda roubar jogadores ao 1º de Agosto, nem deste para o Petro, e isto é bonito, é promessa de voltar a assistir-se a muita luta pelo título, sem desprezar as outras equipas.Já ouvi dizer que o novo treinador do 1º de Agosto rejeita mudar totalmente a sua ideia, de estar sob a sombra do grande adversário que é o Petro de Luanda, promete um 1º de Agosto forte ,determinado e igual a si mesmo em todos os desafios, seja com o Petro de Luanda ou outros concorrentes.Também o treinador do Petro de Luanda disse quase a mesma coisa: vai ser igual a si mesmo.
Ou seja, de jogo a jogo vai mostrar, digamos, o seu ADN que não muda com o nome do adversário, cultivamos essa filosofia desde o jogo de sábado diante dos Masters do Zimbabwe, até ao fim da época.
É por isso que quer ao Petro de Luanda quer o 1º de Agosto reveste-se de capital importância os jogos marcados para a tal quarta-feira, dia dos namorados.
Já me esquecia de algo fundamental: é bom que a partir dos seus jogos nesta quarta-feira, o Petro de Luanda e o 1º de Agosto deixem, de forma velada ou não, de \"namorar\" árbitros para obterem vitórias de batota. Isto não bem, fica é feio aos dois grandes clubes - aos olhos dos adeptos - embora haja dirigentes que sorrateiramente apadrinhem \"jogos sujos\".
E, à propósito disso...como está até hoje a informação do ano passado, avançada à imprensa pelo técnico Zeca Amaral no final do encontro com o Maquis, no Luena, quando disse que os árbitros receberam dinheiro que alegadamente o 1º de Agosto deu num envelope?...
António Félix

Últimas Opinies

  • 18 de Agosto, 2018

    Cartas dos Leitores

    Foi uma vitória muito importante para nós, mas também muito suada e muito difícil, diante do Domant que apareceu bem. Dou os parabéns a eles e aos nossos jogadores.

    Ler mais »

  • 18 de Agosto, 2018

    Fora campeo!

    O 1º de Agosto volta entrar em cena hoje nas Afrotaças. Os ainda campeões em título do Girabola Zap, estão na Tunísia, onde terão uma tarefa colossal, diante do Étoile du Sahel.

    Ler mais »

  • 18 de Agosto, 2018

    Recuo de Manuel Silva!

    A honestidade é, seguramente, uma das virtudes que um ser humano deve preservar, independentemente das circunstâncias que a própria vida às vezes nos coloca.

    Ler mais »

  • 16 de Agosto, 2018

    O legado de Pepino

    O pais contínua em pranto pela morte de Alberto da Silva ( Pepino ), ocorrida na passado dia 12 do corrente em Benguela, sua cidade natal. Pepino, foi, sem margens para dúvidas, um dos maiores, se não mesmo o maior desportista Angolano dos últimos 100 anos!

    Ler mais »

  • 16 de Agosto, 2018

    O futebol faz diplomacia

    A minha primeira viagem para Europa foi dentro da casa, onde vivia com os meus pais no município do Cazenga. Através das vozes sonantes de Arlindo Macedo, Zeca Martins e Vaz Kinguri, vindas de quatro colunas de uma estação radiofónica chamada de 5. O grande programa "Fora de Campo" da Rádio Eclésia e as manhas desportivas da Rádio 5, davam-me uma graduação universitária em geopolítica. 

    Ler mais »

Ver todas »