Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa

Opinio

de ,
A judoca angolana Mucungui Neide Diassonema, 57 Kg, desembarcou no último domingo em Luanda com a medalha de ouro ao peito, resultante da conquista do título de campeã africana em Antananarivo, Madagáscar. O troféu permite a lutadora aspirar a qualificação para os Jogos Olímpicos de Tóquio\'2020.
Em declarações ao Jornal de Angola, a atleta soltou um sorriso de satisfação por erguer o primeiro troféu atribuído à judoca mais valiosa da categoria no continente. Assegurou que a consagração resultou da dedicação e do encorajamento da treinadora Antónia de Fátima “Faia”.
“Foi bastante difícil, pois competi com atletas de alto nível e com títulos acumulados. As estratégias definidas pela minha treinadora foram valiosas”, revelou Neide.
No combate da final, a atleta do 1º de Agosto derrotou a ivoirense Dabone Ab-zetta. Antes, eliminou uma adversária do Madagáscar (com a técnica wazara), e outra da Tunísia.
“O segundo combate foi o mais competitivo e senti maior dificuldade; enfrentei a então campeã africana, uma tunisina bastante forte”, disse.
Para Neide, “a vitória enche de orgulho a família do desporto nacional e reflecte a qualidade do trabalho feito no país”.
A atleta frequenta o Centro Desportivo de Rouen Normendie, em França, desde o ano passado, por conta de uma bolsa da Solidariedade Olímpica.

Últimas Opinies

  • 19 de Março, 2020

    Escaldante Girabola

    O campeonato nacional de futebol da primeira divisão vai dobrando os últimos contornos. A presente edição, amputada face a desqualificação do 1º de Maio de Benguela, abeira-se do seu fim . Entretanto, do ponto de vista classificativo as coisas estão longe de se definirem. No topo, o 1º de Agosto e o Petro travam uma luta sem quartel pelo título.

    Ler mais »

  • 17 de Março, 2020

    Cartas dos leitores

    Estamos melhor do que nunca. A pressão é para as pessoas que não têm arroz e feijão para comer. Estamos sem pressão, temos todos bons salários e boas condições de trabalho. Estamos numa situação de privilégio e até ao último jogo tivemos apenas duas derrotas.

    Ler mais »

  • 17 de Março, 2020

    Jogos Olmpicos2020

    A suspensão de diferentes competições desportivas a nível mundial em função do coronavírus, já declarada pela OMS-Organização Mundial da Saúde como Pandemia, remete-nos, mais uma vez, a reflectir sobre a realização dos Jogos Olímpicos de Tóquio. Pelo menos até aqui, o COI-Comité Olímpico Internacional mantém de pé a ideia de realizar o evento nos prazos previstos.

    Ler mais »

  • 14 de Março, 2020

    FAF aquece com eleies

    Cá entre nós, o fim do ciclo olímpico, tal com é consabido, obriga, por imperativos legais, por parte das Associações Desportivas, de um modo geral e global, a realização de pleitos eleitorais para a renovação de mandatos.

    Ler mais »

  • 14 de Março, 2020

    Cartas dos Leitores

    Acho que o Estado deve velar por essas infra-estruturas.

    Ler mais »

Ver todas »