Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa

Opinio

espera da largada

30 de Dezembro, 2013
A preparação da 58ª edição da corrida de São Silvestre de Luanda ganhou ontem um novo impulso, depois da organização ter realizado a última vistoria ao percurso de dez quilómetros da prova, que sai à rua amanhã à tarde, a partir das 17h30.

Do que foi avaliado, a conclusão é de que as condições estão criadas para a disputa da tradicional corrida pedestre de fim de ano.No programa “Clube Angola”, da Rádio Cinco, da passada quinta-feira, o presidente da Federação Angolana de Atletismo, Carlos Rosa, e o director da prova, Adriano Nunes, fizeram o balanço do que tinha sido feito até àquela altura e tudo indicava que, com uma ou outra aresta a limar, a organização caminhava sem sobressaltos.

A realização da pré-São Silvestre há duas semanas foi mais um teste feito pela federação para avaliar o estado de preparação da máquina organizativa. Na ocasião, embora o balanço fosse positivo, constatou-se o que havia ainda por fazer para deixar tudo pronto.

De lá para cá, trabalhou-se em todas as vertentes para que, amanhã, se possa realizar mais uma edição da São Silvestre de Luanda.Carlos Rosa assegurou que a federação que dirige trabalha nos últimos três anos com alguma antecedência para melhorar, a cada edição, os aspectos organizativos, de modo a poder mobilizar mais patrocinadores e, em função disso, melhorar igualmente os prémios da prova, fazendo com que mais corredores internacionais se sintam atraídos por uma corrida, que é já uma referência a nível internacional.

Para o efeito, referiu as inovações técnicas introduzidas este ano, contando a corrida com um o carro-relógio e o acréscimo de dois tapetes de cronometragem para melhor controlo do tempo e das marcas de todos os participantes.Por seu lado, o director da prova realçou a colaboração permanente das autoridades do Governo da Província de Luanda, que estiveram sempre disponíveis para ajudar em tudo, o que tornou possível ultrapassar várias dificuldades que estavam a emperrar o andamento dos trabalhos.

A organização também esteve empenhada, neste período de preparação, na criação de condições para a realização com êxito do Meeting Internacional de Luanda, que acontece no dia a seguir à corrida de fim de ano. Neste particular, espera-se, tão-somente, que tenha lugar a São Silvestre para se encontrarem os concorrentes que vão fazer parte desta prova.

Um único senão que se pode levantar do ponto de vista organizativo é, talvez, a questão dos prémios, cujos critérios devem ser revistos para que se faça uma melhor distribuição destes pelas várias categorias. Referimo-nos, em especial, aos atletas ou pessoas deficientes que, fazendo o mesmo percurso, têm prémios muito inferiores aos atletas e corredores normais.

Ainda assim, de um modo geral, pode dizer-se que as condições estão criadas para que amanhã a corrida saia à rua sem quaisquer sobressaltos e empolgue os mais de mil corredores inscritos, entre nacionais e estrangeiros, que vão bater-se pelo prémio maior de um milhão e meio de kwanzas, para os masculinos, e um milhão para os femininos. É caso para dizer que se espera apenas o tiro de largada.

Últimas Opinies

  • 22 de Julho, 2019

    Akw lesou a Ptria por representar o Pas?

    Com a vossa permissão, amigos leitores, deixam-me exteriorizar , o que sempre defendi do ex-craque da nossa terra chamado Akwá, menino de Benguela

    Ler mais »

  • 22 de Julho, 2019

    Com o balo vazio no se busca patrocnio

    Certa directora de marketing, com muita experiência nesta área e que trabalha no mercado nacional há mais de 10 anos, confidenciou-me, dias atrás.

    Ler mais »

  • 22 de Julho, 2019

    Segunda derrota nacional

    O PAÍS  futebolístico continua a curar as mágoas de ter visto partir o então seleccionador nacional dos Palancas Negras, Hervé Renard.

    Ler mais »

  • 20 de Julho, 2019

    Cartas dos Leitores

    “Nunca cheguei a reunir com este senhor (Akwá) para tratar este assunto. Apenas nas veste de Deputado e com o seu guarda-costa, apareceu no meu gabinete.

    Ler mais »

  • 20 de Julho, 2019

    Acesso ao Qatar

    Apesar da qualificação inédita numa fase final de um Mundial de Futebol, algo que ocorreu curiosamente em 2006, edição organizada pela Alemanha, a Selecção Nacional.

    Ler mais »

Ver todas »