Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa

Opinio

Alto risco em Calulo

01 de Setembro, 2017
O jogo de hoje à tarde em Calulo em que são intervenientes as formações do Recreativo do Libolo, na condição de equipa visitada e o Kabuscorp do Palanca, como visitante, não deixa de ser de alto risco, o que desde já exige algumas medidas cautelares. Os jogos entre os dois conjuntos, tanto em casa de um como de outro são sempre renhidos, com uma grande dose de imprevisibilidade a pairar no ar antes e durante o desafio, sem vencedores antecipados.

Em campo vão estar dois antigos campeões que, por altura das suas conquistas, estavam no topo do futebol nacional, dois conjuntos com saudades dos tempos em que foram \"papões\" e, por isso mesmo, desejosos de voltarem a ter o mesmo estatuto ao nível interno no mais curto espaço de tempo.

O Girabola está numa fase de efervescência, e que o diga o Petro de Luanda que, com dois jogos em atraso no campeonato, que lhe possibilitariam assumir a liderança isolado da prova em caso de vitória, foi travado na passada quarta-feira pelo Interclube, pelo que resta agora ao conjunto petrolífero triunfar no outro jogo para assim partilhar a liderança com o campeão em título.

E é também dentro desta efervescência que tanto libolenses como palanquinos tentam hoje a conquista dos três pontos, num cenário em que lhes é proibido falhar sob o risco de ficarem arredados da luta pelo título, definitivamente. Os dois oponentes vêm de derrotas, facto que lhes baralhou, ainda mais, as contas que fazem na tentativa de se manter entre as equipas apelidadas como favoritas à conquista do troféu.

Com o 1º de Agosto e o Petro de Luanda a assumirem-se, cada vez mais, como os únicos candidatos legítimos à conquista do troféu deste ano, Libolo e Kabuscorp têm as suas pretensões hipotecadas, dado que qualquer que seja o resultado, uma das equipas fica completamente arredada da luta para a consagração do campeão, com os caseiros em pior situação, dado que na tabela de classificação estão em desvantagem em relação ao adversário, com um ponto a menos.

O Libolo estreia um novo treinador, depois do afastamento a seu pedido do técnico anterior, mas tal facto em nada poderá alterar a estrutura da equipa, porque o treinador que esta tarde se senta no banco exercia funções como adjunto na equipa, pelo que já está familiarizado com o balneário e o ambiente na equipa.

Sem margem para errar, Libolo e Kabuscorp devem protagonizar um jogo de grande intensidade, embora para os dois lados o resultado seja a primeira prioridade para depois pensar na exibição, ainda que as duas equipas exibam talentos que numa situação de despique podem desequilibrar a favor das respectivas equipas.

Últimas Opinies

  • 19 de Março, 2020

    Escaldante Girabola

    O campeonato nacional de futebol da primeira divisão vai dobrando os últimos contornos. A presente edição, amputada face a desqualificação do 1º de Maio de Benguela, abeira-se do seu fim . Entretanto, do ponto de vista classificativo as coisas estão longe de se definirem. No topo, o 1º de Agosto e o Petro travam uma luta sem quartel pelo título.

    Ler mais »

  • 17 de Março, 2020

    Cartas dos leitores

    Estamos melhor do que nunca. A pressão é para as pessoas que não têm arroz e feijão para comer. Estamos sem pressão, temos todos bons salários e boas condições de trabalho. Estamos numa situação de privilégio e até ao último jogo tivemos apenas duas derrotas.

    Ler mais »

  • 17 de Março, 2020

    Jogos Olmpicos2020

    A suspensão de diferentes competições desportivas a nível mundial em função do coronavírus, já declarada pela OMS-Organização Mundial da Saúde como Pandemia, remete-nos, mais uma vez, a reflectir sobre a realização dos Jogos Olímpicos de Tóquio. Pelo menos até aqui, o COI-Comité Olímpico Internacional mantém de pé a ideia de realizar o evento nos prazos previstos.

    Ler mais »

  • 14 de Março, 2020

    FAF aquece com eleies

    Cá entre nós, o fim do ciclo olímpico, tal com é consabido, obriga, por imperativos legais, por parte das Associações Desportivas, de um modo geral e global, a realização de pleitos eleitorais para a renovação de mandatos.

    Ler mais »

  • 14 de Março, 2020

    Cartas dos Leitores

    Acho que o Estado deve velar por essas infra-estruturas.

    Ler mais »

Ver todas »