Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa

Opinio

Aproveitar a pausa

02 de Junho, 2014
O Girabola parou perto de duas semanas devido ao duplo compromisso dos Palancas Negras, que estiveram envolvidos em dois amigáveis - com Marrocos, em Portugal, e Irão, na Áustria - abrindo, deste modo, um novo ciclo nas hostes do combinado nacional.

Com uma legião de novos integrantes, que deixaram muito boa impressão, sobretudo no jogo com os Leões do Atlas, com resultado de 2-0, valeu a pena ter-se sacrificado um pouco a competição doméstica para permitir a Romeu Filemon ter uma noção, ainda que superficial, dos jogadores com os quais espera contar para enfrentar os adversários nas eliminatórias de acesso ao CAN de 2015, em Marrocos.

Se a pausa de duas semanas registada no Girabola foi de grande benefício para a Selecção Nacional, não deixa de ser verdade, também, que esta paragem trouxe vantagens para as equipas que aí competem. Tanto as que vão de vento em popa, como se costuma dizer, como para as outras que fazem um percurso razoável e até aquelas que não vão bem, e ocupam as últimas posições na tabela classificativa.

Para uma e outras a pausa observada serviu para avaliar a prestação da equipa até ao momento, quando estamos a duas jornadas do final da primeira volta. Ou seja, nesta altura, já é possível fazer um exame realístico e chegar à conclusão se, no primeiro turno da prova, o desempenho foi bom, razoável ou mesmo mau.

Não obstante os seis pontos ainda em disputa nesta primeira volta poderem provocar significativas alterações na classificação, é razoável, porém, o exercício que muitas das equipas já fazem em relação a esta primeira etapa, que já consumiu 90 por cento dos jogos.

Portanto, com base na paragem verificada, direcções e equipas técnicas trabalharam para melhorar todos aqueles aspectos que, directa ou indirectamente, contribuíram para o desempenho menos conseguido por parte das equipas que consideram negativo o seu labor na primeira volta. Para as outras cujo desempenho revela a satisfação das metas definidas, a pausa serviu para potenciar ainda mais as acções em curso, com o objectivo de manter e/ou melhor os índices da equipa.

Com o regresso do Girabola já no próximo fim-de-semana, os últimos dias vão ser aproveitados para limar as arestas, de modo a que se possa tirar o máximo rendimento nas duas últimas jornadas e, assim, motivar o grupo para a etapa mais decisiva da prova, que é a segunda volta. O Recreativo do Libolo, o Kabuscorp do Palanca e o Benfica de Luanda vão procurar manter acesa a luta no topo da tabela, com palanquinos e encarnados à espreita de um deslize dos libolenses.

Nas posições imediatas, Maquis, Progresso, 1º de Agosto e Sagrada correm para não perderem o comboio da frente, enquanto no meio e na cauda as demais equipas procuram um maior equilíbrio para a melhoria das posições e a fuga à zona da despromoção.
Com todos estes condimentos, é caso para dizer: bem-haja o regresso das emoções.

Últimas Opinies

  • 18 de Março, 2019

    Cartas dos Leitores

    Temos de nos preparar bem para o jogo que será decisivo e estou convicto que iremos fazer este trabalho em conjunto, não temos muito tempo, agurada-nos um trabalho sério contra uma selecção que perdeu todas as partidas.

    Ler mais »

  • 18 de Março, 2019

    L se foi o sonho...

    O Petro de Luanda, até ontem o único sobrevivente angolano nas Afrotaças, não conseguiu evitar a derrota frente ao Gor Mahia FC do Quénia, em Nairobi, num jogo em que estava “condenado” a não desperdiçar, na totalidade, os pontos em discussão.

    Ler mais »

  • 18 de Março, 2019

    Os estreantes e o ritual de integrao

    Igor Vetokele regressa aos Palancas Negras, depois de muito tempo.

    Ler mais »

  • 16 de Março, 2019

    Cartas dos Leitores

    Eu já vi três vezes o jogo, muito sinceramente deu para ver alguma coisa na atitude e reacção de certos jogadores.

    Ler mais »

  • 16 de Março, 2019

    Operao Botswana

    A Selecção Nacional de futebol em honras concentra-se amanhã, a noite, tendo em vista a derradeira jornada do Grupo I da campanha para o Campeonato Africanos das Nações deste ano, a decorrer entre 21 de Junho e 19 de Julho no Egipto.

    Ler mais »

Ver todas »