Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa

Opinio

BAI Basket de regresso

14 de Novembro, 2013
O BAI Basket regressa este fim-de-semana para gáudio dos amantes da modalidade de basquetebol. A saudade de quase seis meses, desde o término da última edição, vai ser quebrada já a partir de amanhã com o início da disputa da trigésima sexta edição do campeonato nacional em seniores masculinos, cujo último título foi ganho pela equipa do 1.º de Agosto.

Na época anterior, as jornadas da prova pautaram-se por um nível de competitividade acentuado do princípio ao fim: da primeira à terceira e última fase, em que as equipas são divididas em dois grupos, sendo o A para a disputa dos primeiros cinco lugares e o B para os restantes postos da classificação.

Em função das movimentações registadas na pré-época, prevê-se de novo um BAI Basket à altura do que já nos habituaram as nossas equipas. O Interclube e o Recreativo do Libolo trocaram de treinador, enquanto o 1.º de Agosto e o Petro de Luanda mantiveram os da época passada. As quatro equipas são as principais candidatas ao título e prometem um despique acérrimo durante a competição.

Mas é sabido que o campeonato está para além destes emblemas, pois as demais equipas, ASA, Vila Clotilde, Progresso do Sambizanga e Universidade Lusíada, além das outras duas que vão sair do torneio de apuramento, vão procurar justificar a presença nesta prova, onde, apesar de não terem oportunidade de lutar pelos lugares do pódio, vão jogar para dignificar as cores que representam.

No sábado o BAI Basket vai registar já o clássico dos clássicos. 1.º de Agosto e Petro de Luanda defrontam-se para a jornada inaugural que abre amanhã com o não menos interessante Recreativo do Libolo-Interclube, por sinal dois dos outros candidatos ao ceptro da competição. A disputa vai ser intensa sobretudo nos jogos entre os principais concorrentes, pois a decisão do título vai passar necessariamente pelo desfecho nas partidas entre si. Aliás, o 1.º de Agosto no ano passado “roubou” o título ao Libolo porque foi mais feliz no cômputo dos jogos que disputou.

O Torneio Victorino Cunha, vencido pela equipa do Kwanza-Sul, e a disputa na segunda-feira da Supertaça, no Namibe, deram uma pequena amostra do que vamos ter até meados do próximo mês de Maio, altura em que se vai conhecer o campeão nacional. Portanto, com o regresso às emoções a partir de amanhã espera-se que o BAI Basket registe o mesmo despique para a salutar competitividade da prova.

Que o público volte a confirmar a sua paixão pela modalidade, lotando os pavilhões e ajudando a colorir o espectáculo da bola ao cesto. Os dados estão lançados, resta apenas o lançar da bola ao ar.

Últimas Opinies

  • 23 de Março, 2019

    Agora que venha o CAN do Egipto!

    Que venha agora o CAN do Egipto! Sim, que  venha o Campeonato Africano das Nações porque a fase de qualificação ficou já para atrás. 

    Ler mais »

  • 23 de Março, 2019

    Cartas dos Leitores

    Estou aqui para trabalhar. É uma realidade nova para mim. Nunca estive em África.

    Ler mais »

  • 23 de Março, 2019

    Angola est no Egipto

    O país acordou, hoje, na ressaca da explosão festiva resultante da qualificação da selecção nacional de futebol, ao Campeonato Africano das Nações, a disputar-se em Junho e Julho, no Egipto.

    Ler mais »

  • 21 de Março, 2019

    Amanh um "tudo ou nada

    Amanhã é uma espécie de Dia D, para nós, e tal fica a dever-se aos ‘’Palancas Negras’’

    Ler mais »

  • 21 de Março, 2019

    Um regresso depois de quase dez anos

    Volvidos quase dez anos, volto a assumir uma missão como enviado especial do Jornal dos Desportos, título para o qual escrevo desde o ano de 1997, e que nesse momento assumo o cargo de editor, depois de já ter sido sub-editor e correspondente provincial.

    Ler mais »

Ver todas »