Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa

Opinio

Cartada decisiva

05 de Julho, 2016
A selecção nacional de futebol de Sub-20 joga no próximo fim de semana, uma cartada decisiva. Ao apurar-se para a última eliminatória de acesso ao CAN da categoria, a disputar-se no próximo ano na Zâmbia, Angola pode vir a inscrever o nome na cimeira do futebol jovem africano, depois de conquistar o título em 2001, e ter marcado a última presença em 2005, no Benin.

A equipa técnica, liderada por Samy Matias, sabe que não tem tarefa fácil pela frente, a julgar pelo quilate do adversário que os Palanquinhas enfrentam na última eliminatória, cuja primeira mão disputa-se no Cairo, para jogar com o Egipto. Para o efeito, além da preparação técnico - táctico que marcam as sessões de treino, um insistente trabalho a nível psicológico tem-se feito para dar resiliência (robustez psicológica) aos jovens jogadores.

Concretizar o objectivo de atingir pela segunda vez, a fase final de um CAN da categoria, é o grande objectivo não só da equipa técnica, como da direcção da Federação Angolana de Futebol. São aos primeiros que cabem a maior responsabilidade, daí, o incessante e incansável trabalho de motivação do grupo.

Samy Matias, o comandante do leme, reitera a disposição dos pupilos para a grande empreitada, acredita sem vacilar de que é possível no fim das contas, alcançar o objectivo. Este discurso certamente visa incutir nos jovens jogadores o espírito de confiança e determinação, duas nuances que ajudam a dar força anímica, à nossa selecção.
Do lado da FAF há um esforço de proporcionar as condições para que jogadores e técnicos estejam em sintonia e alcancem os resultados desejados.

Depois de 15 anos de ausência, era fantástico testemunharmos o regresso dos nossos Palanquinhas, à fina-flor do futebol continental. Tal conquista alavancava o actual momento do futebol nacional, que passa por uma fase menos boa, depois da pálida imagem deixada nas eliminatórias de qualificação ao Mundial de 2018, na Rússia, e ao CAN do próximo ano, no Gabão.

Esta eliminatória é decisiva, quer na primeira, como na segunda mão. Temos de aproveitar da melhor maneira. Esperemos que os nossos jovens jogadores e a equipa técnica, tomem como forma de motivação e não de pressão, pois temos plena consciência do quão difícil é o adversário que têm na frente.

Todos almejamos e fazemos votos, que os Palanquinhas realizem o sonho, que é também o dos prosélitos do futebol.
O seleccionador nacional tem confiança nos rapazes e estes acreditam no técnico. Uma relação em que a confiança faz morada, e é o meio caminho para ter resultados positivos. Vamos acreditar até ao fim, porque esse sonho, é possível.

Últimas Opinies

  • 21 de Março, 2019

    Um regresso depois de quase dez anos

    Volvidos quase dez anos, volto a assumir uma missão como enviado especial do Jornal dos Desportos, título para o qual escrevo desde o ano de 1997, e que nesse momento assumo o cargo de editor, depois de já ter sido sub-editor e correspondente provincial.

    Ler mais »

  • 21 de Março, 2019

    A eliminao do Petro e o tal patriotismo

    Terminada a participação Petro de Luanda, na Taça Nelson Mandela, é normal que por esta altura, esteja a ser feita uma profunda reflexão em torno da participação na referida competição africana, nos mais diversos aspectos que ela comporta, sem descorar, portanto, a (des) continuidade do técnico Beto Bianchi, que mais uma vez não conseguiu o troféu de uma competição em que esteve envolvido. 

    Ler mais »

  • 21 de Março, 2019

    Palancas Negras de olhos no Egipto

    A Selecção Nacional de futebol honras, vulgo Palancas Negras, só depende de si para chegar à fase final do Campeonato Africano das Nações (CAN) de 2019, que vai ser disputado no Egipto.

    Ler mais »

  • 21 de Março, 2019

    Cartas dos Leitores

    Procuramos fazer tudo para vencer o jogo, mas não conseguimos, porque o adversário  (Recreativo do Libolo) foi competente e inteligente, assim como conseguiu aproveitar as nossas falhas defensivas e, em lances de bolas paradas, marcaram os dois golos.

    Ler mais »

  • 21 de Março, 2019

    Zebras para domar...

    A Selecção Nacional de futebol de honras, às ordens do sérvio Srdjan Vasiljevic, decide amanhã, em Franciston, Botswana, a qualificação para o Campeonato Africano das Nações (CAN), que o Egipto acolhe de 19 de Junho a 21 de Julho deste ano.

    Ler mais »

Ver todas »