Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa

Opinio

Chegou o Girabola

21 de Fevereiro, 2014
Na verdade, constitui sempre motivo de alegria quando a bola volta a rolar eas pessoas retomam os caminhos dos estádios de futebol. Em época da globalização, em que o Mundo se transformou numa pequena aldeia, já ninguém morre por “fome de bola”.

As ligas internacionais aí estão para ocupar o nosso tempo, com futebol alegre e vistoso, mais competitivo e espectacular. Mas, ainda assim, não perdemos a cultura de valorizar o que é nosso. E o Girabola é a sua maior manifestação desportiva.

Há, por tudo isso, razão de sobra para a onda de alegria que domina os amantes de futebol. A ansiedade dos jogadores que esperam dar nas vistas não deve ficar fora das equações. Os técnicos, dirigentes, árbitros, roupeiros e outros intervenientes dão largas à alegria, porque o futebol é festa e nela todos procuram caber.

Durante cerca de nove meses, aqui vamos estar para ver e aplaudir os melhores momentos, os melhores jogos, os melhores “artistas”. Esperamos, à partida, que haja muita disputa pelos lugares cimeiros e acima de tudo muita qualidade futebolística. Aliás, o elevado número de equipas candidatas ao título promete isso mesmo, olhando para o investimento feito na preparação pré-época.

Isto pressupõe, realmente, que há uma grande aposta da parte destas em procurar superar as classificações da temporada passada, no caso daquelas que se quedaram do segundo lugar para baixo. No caso do campeão, o objectivo é único, a revalidação do título, devendo aguentar a concorrência de outras equipas que aspiram ao mesmo objectivo.

Vamos aguardar que assim seja. Vamos também aguardar que o campeonato traga novidades. Isto é, consagre novos ídolos. As novidades dão sempre outra pitada de alegria a qualquer espectáculo, como foi o caso do Desportivo da Huila na edição passada.

Enfim, vamos acreditar no potencial das equipas intervenientes na prova, na esperança de que elas saibam dignificá-la, com futebol de qualidade. Afinal é disto que o povo gosta e espera, é isto que deixa o povo na expectativa de assistir a um bom campeonato.

Últimas Opinies

  • Hoje

    O difcil pasto dos Palancas

    O jogo de amanhã, no estádio “11 de Novembro”, aqui em Luanda, a contar para a quinta jornada do grupo I de qualificação para o Campeonato Africano das Nações (CAN) do próximo ano, nos Camarões, afigura-se de sacramental importância por quanto os Palancas Negras precisam de vencer e, só vencer, diante de um adversário poderoso, bem dotado e altamente confiante.

    Ler mais »

  • Hoje

    Citaes

    Penso que vamos ter vantagem em todas as posições do relvado. Mas será que isso vai ser suficiente para a vitória? Não sei e nem prometo. Desejo apenas que a equipa de Angola seja a melhor em campo.

    Ler mais »

  • Hoje

    Tudo ou nada...

    Angola defronta neste domingo, no Estádio Nacional 11 de Novembro, a similar do Burkina Faso, no primeiro dos dois jogos derradeiros, que podem definir a sua sorte no Grupo I da campanha para a Taça das Nações em futebol de 2019, a ter lugar nos Camarões.

    Ler mais »

  • 15 de Novembro, 2018

    Trocar reticncias pelo que faltava dizer

    Regresso às reticências deixadas no meu último texto “Demo branco e nossos Pelé com muleta”, para trazer à estampa aquela continuação que havia faltado.

    Ler mais »

  • 15 de Novembro, 2018

    A Taa do Mundo nossa!

    A selecção nacional de futebol adaptado, realizou uma grande e histórica façanha, ao vencer o 14º campeonato do Mundo de futebol adaptado a jogadores com muletas, realizado na cidade de Guadalajara (México).  A caminho da comemoração do 43ª aniversário da independência nacional, os “sete magníficos” de Angola, lutaram tenazmente nos relvados, para brindarem-nos com o cobiçado troféu.

    Ler mais »

Ver todas »