Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa

Opinio

Clssico das emoes

02 de Outubro, 2013
O maior clássico do futebol angolano está de volta. Depois de se terem defrontado pela última vez no domingo, os dois maiores colossos do rei futebol a nível doméstico, Petro de Luanda e 1º de Agosto, cruzam-se de novo, desta feita para os oitavos-de-final da Taça de Angola.

Apenas 72 horas depois de terem jogado para a 25ª jornada do Girabola, petrolíferos e militares voltam a entrar no tapete verde do Estádio Nacional 11 de Novembro para decidir o passe de acesso aos quartos-de-final da Taça de Angola.

Quis o destino, uma vez mais, tal como aconteceu no ano passado, que os dois emblemas se enfrentassem antes, numa espécie de final antecipada da segunda maior prova do futebol nacional.

Apesar de uma delas, 1º de Agosto, ter remotas hipóteses de chegar ainda ao título do Girabola, o jogo desta tarde é encarado por ambas as equipas com enorme responsabilidade, por verem na competição uma oportunidade para se redimirem do fracasso, com o afastamento prematuro da corrida ao ceptro do campeonato nacional.

Em 2012, para a mesma prova, os petrolíferos foram superiores e deixaram pelo caminho o arqui-rival na marcação das grandes penalidades, depois de uma igualdade a uma bola no tempo regulamentar. Na partida disputada no domingo para a segunda volta do Girabola, o Petro de Luanda foi mais uma vez feliz no desfecho da contenda, vencendo por 2-0, devolvendo com mais um golo a derrota da primeira volta.

Será que a equipa de José Dinis vai voltar a deixar pelo caminho o seu principal adversário? Ou o 1º de Agosto vai ter genica, desta vez, para se desforrar dos últimos desaires nos confrontos entre si? Quem vai levar a melhor neste terceiro jogo do ano entre os dois emblemas? Estas incógnitas só têm resposta depois do apito final.

Fazer prognósticos do maior dérbi e clássico do futebol nacional não é uma tarefa nada fácil, porque independentemente da classificação que estejam a ocupar, do seu momento de forma, do que aconteceu no último jogo e de outros factores mais, quer o 1º de Agosto, quer o Petro de Luanda têm sempre argumentos para justificar que são as melhores equipas do nosso “association” futebolístico.

Militares e petrolíferos já mostraram que têm plantéis de elevado nível competitivo e hoje é quase certo que vamos voltar a assistir a uma grande partida de futebol, tal como aconteceu nos dois primeiros jogos desta temporada.

O Estádio 11 de Novembro vai voltar a estar ao rubro para testemunhar mais um espectáculo que promete muita emoção do princípio ao fim. Pena é que um dos dois colossos tenha de ficar prematuramente fora da competição, pois o ideal e desejável seria mesmo que ambos prosseguissem a caminhada para chegar à grande final de 11 de Novembro, o dia de todos os angolanos, o dia da nossa “dipanda”.

Últimas Opinies

  • 18 de Março, 2019

    Cartas dos Leitores

    Temos de nos preparar bem para o jogo que será decisivo e estou convicto que iremos fazer este trabalho em conjunto, não temos muito tempo, agurada-nos um trabalho sério contra uma selecção que perdeu todas as partidas.

    Ler mais »

  • 18 de Março, 2019

    L se foi o sonho...

    O Petro de Luanda, até ontem o único sobrevivente angolano nas Afrotaças, não conseguiu evitar a derrota frente ao Gor Mahia FC do Quénia, em Nairobi, num jogo em que estava “condenado” a não desperdiçar, na totalidade, os pontos em discussão.

    Ler mais »

  • 18 de Março, 2019

    Os estreantes e o ritual de integrao

    Igor Vetokele regressa aos Palancas Negras, depois de muito tempo.

    Ler mais »

  • 16 de Março, 2019

    Cartas dos Leitores

    Eu já vi três vezes o jogo, muito sinceramente deu para ver alguma coisa na atitude e reacção de certos jogadores.

    Ler mais »

  • 16 de Março, 2019

    Operao Botswana

    A Selecção Nacional de futebol em honras concentra-se amanhã, a noite, tendo em vista a derradeira jornada do Grupo I da campanha para o Campeonato Africanos das Nações deste ano, a decorrer entre 21 de Junho e 19 de Julho no Egipto.

    Ler mais »

Ver todas »