Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa

Opinio

Confiana no Petro

27 de Abril, 2014
A eliminatória derradeira da competição, já com a inclusão das equipas despromovidas da Taça dos Campeões, tem neste domingo a sua conclusão e a equipa angolana, com uma desvantagem de 2-1 do jogo da primeira mão, em casa do adversário, tem condições para continuar em prova e assim manter o sonho das quatro equipas nas competições africanas do próximo ano.

É verdade que a derrota tem sempre um outro sabor, mas o golo marcado fora de casa pode ser decisivo para as aspirações do nosso representante que pode garantir o apuramento com um resultado mínimo (1-0).

Não se espera que os camaroneses comecem por defender o resultado porque sabem perfeitamente que arriscam-se a sofrer dissabores se optarem por essa postura, mas em função das necessidades dos angolanos e do facto de terem de pressionar desde o início, certamente que optarão por algumas cautelas defensivas.

Ao Petro de Luanda cabe tomar as iniciativas de jogo e mostrar ao adversário quem manda em sua casa. O representante angolano soube, com todo o mérito, virar resultados no 11de Novembro no decorrer das eliminatórias em situações mais adversas, embora não haja jogos iguais.

A confiança que os petrolíferos exibem é sinónimo de optimismo na obtenção de um resultado que sirva as suas aspirações e as de todos os angolanos, independentemente das cores dos emblemas que defendem e apoiam.

E tal como aconteceu em outras ocasiões, além do apoio dos seus adeptos, a equipa angolana conta, também, com o incentivo de outras claques, porque em causa estão as cores da Bandeira Nacional.

Este domingo, no Estádio 11 de Novembro, há condições para o futebol nacional viver mais uma grande epopeia com a vitória que se perspectiva do nosso representante na segunda competição de clubes da Confederação Africana de Futebol.

O Petro de Luanda chegou com todo o mérito a essa fase da prova. Tem jogadores com qualidade para virar o resultado adverso que consentiram em casa do adversário, confiança que pode desfilar entre as oito melhores equipas do continente, na prova, mas sempre com o devido respeito pela formação que hoje defronta, porque um pouco de humildade não faz mal a ninguém.

Últimas Opinies

  • 15 de Julho, 2019

    O real papel do gestor desportivo

    As funções de um gestor desportivo não são mais do que as funções de um gestor de empresas, adaptadas e ajustadas às particularidades de um clube ou federação desportiva.

    Ler mais »

  • 15 de Julho, 2019

    Quem explica o desporto angolano?

    O nosso desporto merece um estudo profundo, para se encontrar explicações que justifiquem os resultados que vai tendo.

    Ler mais »

  • 15 de Julho, 2019

    Cartas dos Leitores

    No nosso grupo (A),  somos a única selecção (Angola) que tem a sua primeira participação  a este nível. Canadá vai para a sua sétima, Nova Zelândia.

    Ler mais »

  • 15 de Julho, 2019

    Objectivo falhado

    Angola não conseguiu alcançar o objectivo preconizado no Mundial de Hóquei em Patins, que se disputou em Barcelona, Espanha, acabando por se quedar na sexta posição.

    Ler mais »

  • 13 de Julho, 2019

    Cartas dos Leitores

    Vamos entrar para o campeonato em cada jogo para ganhar, nós queremos começar bem, com o pé direito. Como sabem, já temos o calendário.

    Ler mais »

Ver todas »