Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa

Opinio

Drbi "militarizado"

20 de Setembro, 2015
Para além de mobilizar um bom público para o estádio, os jogos também têm sido marcados pela tradição, de fazerem parte de um dos grandes dérbis a nível de Luanda e por envolver duas equipas ligadas às estruturas militar e para -militar.

Ao contrário dos primeiros anos, em que tinha uma grande competividade e imprevisibilidade nos resultados, hoje os militares levam uma certa vantagem sobre os polícias, emboras os dois emblemas já tiveram oportunidade de levantar a Taça do campeonato, ou seja, já foram campeões do Girabola. O 1º de Agosto detém nove títulos e o Interclube dois títulos.

Apesar de neste ano não terem conseguido acompanhar a pedalada na luta pelo título, não obstante a equipa rubro -negra continuar a sonhar com esse objectivo, as duas equipas estão em condições de proporcionar um bom espectáculo de futebol, igual ao que tem acontecido em ocasiões passadas.

Na primeira volta, os militares levaram vantagem mesmo a jogarem de visita no campo dos polícias, venceram por 2-0. Vessilin Vesko, o novo comandante técnico da equipa do Rocha Pinto vai procurar defender a honra dos azuis e brancos e tentar um triunfo na casa dos adversários. Há, portanto, contas a acertar hoje no 11 de Novembro, dívidas por saldar, no embate desta tarde no 11 de Novembro.

Em termos classificativos, o 1º de Agosto está melhor posicionado, ocupa o terceiro lugar com 45 pontos contra o sexto do Interclube, que ocupa a quinta posição com 42 pontos. Uma vitória ia levar os polícias a igualar os militares em termos pontuais e quiçá classificativos.

O 1º de Agosto depois da vitória por 2-1, no dérbi dos dérbis, diante do Petro de Luanda no sábado passado, quer vencer para perseguir os da frente, Libolo e Benfica de Luanda, manter a esperança do título ainda viva enquanto matematicamente for possível.

Apesar das coisas não estarem a sair como desejado, os militares querem pelo menos fechar as últimas cinco jornadas da prova com vitória, depois de verem frustrada a pretensão de continuar a competir na Taça de Angola, a segunda maior prova futebolística nacional.

E a maratona, dos últimos cinco jogos começa precisamente, com o dérbi diante dos polícias.

O Interclube vem de uma vitória na jornada passada, frente a Académica do Lobito por 3-2, está galvanizado para continuar na senda dos bons resultados, pelo que no seio do grupo o espírito é certamente, de mais um triunfo.

Portanto, a disputa pelos três pontos e a qualidade de ambos os plantéis prometem um jogo disputado, emotivo e por tratar-se de um dérbi, a expectativa é ainda maior.

Últimas Opinies

  • 18 de Março, 2019

    Cartas dos Leitores

    Temos de nos preparar bem para o jogo que será decisivo e estou convicto que iremos fazer este trabalho em conjunto, não temos muito tempo, agurada-nos um trabalho sério contra uma selecção que perdeu todas as partidas.

    Ler mais »

  • 18 de Março, 2019

    L se foi o sonho...

    O Petro de Luanda, até ontem o único sobrevivente angolano nas Afrotaças, não conseguiu evitar a derrota frente ao Gor Mahia FC do Quénia, em Nairobi, num jogo em que estava “condenado” a não desperdiçar, na totalidade, os pontos em discussão.

    Ler mais »

  • 18 de Março, 2019

    Os estreantes e o ritual de integrao

    Igor Vetokele regressa aos Palancas Negras, depois de muito tempo.

    Ler mais »

  • 16 de Março, 2019

    Cartas dos Leitores

    Eu já vi três vezes o jogo, muito sinceramente deu para ver alguma coisa na atitude e reacção de certos jogadores.

    Ler mais »

  • 16 de Março, 2019

    Operao Botswana

    A Selecção Nacional de futebol em honras concentra-se amanhã, a noite, tendo em vista a derradeira jornada do Grupo I da campanha para o Campeonato Africanos das Nações deste ano, a decorrer entre 21 de Junho e 19 de Julho no Egipto.

    Ler mais »

Ver todas »